Presidenta Dilma Rousseff lamenta morte do marxista Jacob Gorender

Morre Jacob Gorender, autor do livro 'Combate nas Trevas'.
Morre Jacob Gorender, autor do livro 'Combate nas Trevas'.
Morre Jacob Gorender, autor do livro ‘Combate nas Trevas’.

A presidenta Dilma Rousseff lamentou a morte do historiador Jacob Gorender. O militante comunista morreu , na terça-feira (11/06/2013), em São Paulo, aos 90 anos.

Em nota, a presidenta chama Gorender de “amigo e companheiro” e diz que o historiador “não teve medo de defender suas ideias, mesmo pagando o pior dos preços”. Os dois se conheceram quando estavam presos no Dops (Departamento de Ordem Política e Social), em São Paulo, vítimas da repressão da ditadura militar. “Ele estava convalescente de torturas e foi conselheiro importante em um momento crucial na minha vida”, diz o texto.

Dilma cita os livros O Escravismo Colonial e Combate nas Trevas, de Gorender, como “duas obras clássicas da historiografia brasileira”.

O escritor e historiador baiano Jacob Gorende integrou o Partido Comunista Brasileiro (PCB), de onde saiu para fundar o Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR).

Marxista, Gorender era considerado um grande pensador brasileiro. Em sua obra O Escravismo Colonial, de 1978, ele se opôs à corrente que inseria o Brasil no modelo de desenvolvimento europeu e mostrou o passado escravista colonial do país.

Em nota, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que conheceu e conviveu com Gorender ao longo de sua vida pública, também lamentou a morte do escritor. “Jacob certamente ficará como um exemplo para as novas gerações”.

Sobre Carlos Augusto 9462 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).