Deputado Carlos Geilson cobra soluções para aeroporto de Feira de Santana, rodovias e táxis a Otto Alencar

Carlos Geilson: “Feira tem mais de 600 mil habitantes, tem o comércio e o setor industrial fortes e aquecidos, mas ficamos na dependência do acesso via rodovias, porque até hoje não foi solucionada a questão da integração do aeroporto. O resultado da licitação já saiu, mas até agora nada de obras”
Carlos Geilson: “Feira tem mais de 600 mil habitantes, tem o comércio e o setor industrial fortes e aquecidos, mas ficamos na dependência do acesso via rodovias, porque até hoje não foi solucionada a questão da integração do aeroporto. O resultado da licitação já saiu, mas até agora nada de obras”
Carlos Geilson: “Feira tem mais de 600 mil habitantes, tem o comércio e o setor industrial fortes e aquecidos, mas ficamos na dependência do acesso via rodovias, porque até hoje não foi solucionada a questão da integração do aeroporto. O resultado da licitação já saiu, mas até agora nada de obras”
Carlos Geilson: “Feira tem mais de 600 mil habitantes, tem o comércio e o setor industrial fortes e aquecidos, mas ficamos na dependência do acesso via rodovias, porque até hoje não foi solucionada a questão da integração do aeroporto. O resultado da licitação já saiu, mas até agora nada de obras”

Apesar de ser a segunda maior cidade da Bahia, Feira de Santana ainda não dispõe de um aeroporto ativo. O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) aproveitou a visita do vice-governador e secretário de Infraestrutura do Estado, Otto Alencar, na Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, para cobrar a integração do aeroporto de cargas e descarga e transporte de passageiros para Feira. O parlamentar também questionou os motivos da apreensão dos táxis que fazem transporte intermunicipal e cobrou a reforma das rodovias que ligam Tanquinho, Candeal e Ichu.

De acordo com o secretário, o governo fez um edital de licitação para concessão e o consórcio da empresa UTC com a Sintart ganhou a concorrência. “Infelizmente estamos submetidos à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e à Secretaria de Ação Civil. E essa burocracia é o que está emperrando o aeroporto de Feira de Santana, assim como o de Vitória da Conquista, que há dois anos estamos tentando lançar o edital de licitação. E tenha certeza que com a nossa legislação, o Brasil não vai conseguir andar como os outros países emergentes”, afirmou Otto.

Sobre a situação dos táxis, o deputado questionou ao secretário o porquê da perseguição aos taxistas que fazem o transporte intermunicipal. “Já dei determinação ao diretor da Agerba, Eduardo Pessôa, de não multar táxi. Embora existam cidades em que os prefeitos estão fazendo a farra da placa vermelha, e nós estamos encaminhando esses casos ao Ministério Público, porque é ato de improbidade administrativa e não mais atribuição da Agerba”, afirmou.

Geilson falou ao secretário que apesar da indicação feita junto ao Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) até agora nenhuma solução foi tomada em relação às rodovias. Otto afirmou ao parlamentar que as providências já estão sendo tomadas e que ainda no primeiro semestre de 2014 as intervenções estarão prontas. “Nós fizemos Ichu a Serrinha, licitamos agora Candeal até Tanquinho, na BR-324, e vamos licitar Ichu até Candeal. Então entre oito e dez meses as estradas estarão prontas”, se comprometeu. O secretário ainda brincou dizendo que irá convidar o deputado Carlos Geilson para a inauguração das estradas.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108026 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]