Deputado Sandro Régis: “Sempre que há uma dividida entre o interesse da Bahia e o interesse do PT, o governador fica com o seu partido”

Deputado Sandro Régis dispara críticas ao governo Wagner.
Deputado Sandro Régis dispara críticas ao governo Wagner.
Deputado Sandro Régis dispara críticas ao governo Wagner.
Deputado Sandro Régis dispara críticas ao governo Wagner.

Nesta sexta-feira (08/03/2013), o deputado e 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Sandro Régis, participou do programa do radialista Jorge Ribeiro na Rádio Excelsior e respondeu perguntas feitas pelos ouvintes. O deputado falou sobre a crise da região cacaueira, os índices da violência no estado, a falta de investimentos na educação e infraestrutura e sobre os projetos de lei de sua autoria.

O deputado também criticou a postura submissa do governador Jaques Wagner em relação ao governo federal. De acordo com Sandro Régis, o governador faz de tudo para facilitar a vida do governo federal, mesmo que para isso ele tenha que virar as costas para os baianos.

Crise do cacau – A região cacaueira no sul da Bahia está em crise por conta da inexistência de medidas protecionistas. Além da vassoura da bruxa, praga que destrói as lavouras, as empresas estão importando amêndoas de cacau ao invés de comprar dos produtores locais. “Eles compram de fora a R$ 80 a arroba, enquanto no marcado interno custa R$ 60”, disse o deputado. De acordo com Régis, os produtores estão cada vez mais descapitalizados e as fazendas estão demitindo funcionários, que acabam migrando para os centros urbanos.

Insegurança

Sandro Régis também comentou um estudo divulgado na última quarta-feira (6) pelo Instituto Sangar, que aponta a Bahia como o quarto estado mais violento e Salvador a quarta capital em número de homicídios com arma de fogo. O estudo também aponta os 10 municípios mais violentos do país, entre os quais estão três cidades baianas: Lauro de Freitas, Porto Seguro e Eunápolis. “Entre 2000 e 2010, a violência cresceu 195% no estado. Hoje, a Bahia é um dos lugares mais perigosos para se viver do mundo, porque governo perdeu a guerra contra a criminalidade”, lamentou o deputado.

Falta de investimento – Para o deputado, o aumento da violência está relacionado à falta de investimentos na educação e na infraestrutura, que gera empregos e melhora a qualidade de vida da população. Sandro Régis disse que entre 2003 e 2006, o governo Wagner investiu 26% na educação, enquanto o governo de Paulo Souto investiu 29%.

O deputado disse ainda que, nestes últimos sete anos, a indústria na Bahia não avançou e que os principais investimentos na região nordeste foram para outros estados, principalmente, Pernambuco. Além disso, enquanto outros estados estão duplicando estradas com dinheiro do PAC, o Governo da Bahia está privatizando as rodovias, para que os baianos paguem pela melhoria nas estradas. “Porque em outros estados tudo é feito com dinheiro do Governo Federal e aqui os baianos têm que pagar?”, questionou o deputado.

Projetos de lei 

O deputado falou sobre alguns projetos de sua autoria apresentados à Assembleia Legislativa. Entre eles está o projetoque determina que as casas lotéricas e agências bancárias do Estado instalem barreiras visuais na frente dos caixas para atendimento aos clientes. Outro projeto pretende beneficiar os bons condutores concedendo desconto no valor do IPVA aos motoristas que não cometem infrações de trânsito. “Consideramos que a concessão de desconto de IPVA a bons motoristas pode ser uma forma mais efetiva de redução de acidentes e pode inclusive representar uma economia de recursos da saúde pública”, justificou Sandro Régis.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]