Em Feira de Santana o vereador Justiniano propõe cotas para afro descendentes e indígenas em concursos públicos

Justiniano Oliveira França.
Justiniano Oliveira França.

em-feira-de-santana-o-vereador-justiniano-propoe-cotas-para-afro-descendentes-e-indigenas-em-concursos-publicosO vereador Justiniano França (DEM) fez um balanço positivo das atividades legislativas desenvolvidas por ele no primeiro semestre deste ano. Em entrevista à Assessoria de Comunicação da Câmara (Ascom), o edil destacou aprovação de projetos, requerimentos e indicações, que visam o desenvolvimento de Feira de Santana e, consequentemente o bem estar da população. Nestes seis meses, ele foi um dos responsáveis pelos principais temas de interesse público discutidos na Casa da Cidadania.

Dentre as sessões especiais requeridas por Justiniano, destacaram-se: o debate sobre as ações do Município no projeto Minha Casa Minha Vida em Feira de Santana; a discussão do projeto Feira na Copa 2014; o debate sobre as ações do Governo do Estado para reforma do Aeroporto João Durval e as ações do Município para apoio a Associação Feirense de Síndrome de Down – Cromossomos 21.

No tocante a projetos aprovados, Justiniano deu ênfase à lei que institui a Semana Municipal da Cultura Evangélica em Feira de Santana, a ser comemorada na semana que antecede o Dia da Consciência Evangélica, fazendo parte do calendário oficial do Município.

Com relação à próxima etapa de 2011, o legislador disse que já encaminhou alguns projetos de lei, de grande relevância social, para serem apreciados pelos edis no mês de agosto. Uma das matérias dispõe sobre a reserva para afro-brasileiros e indígenas de 50% das vagas oferecidas nos concursos públicos, efetuados pelo poder público municipal para o provimento de cargos efetivos.

Ele também mencionou o projeto que institui na cidade de Feira de Santana a instalação de aparelhos de ginástica e condicionamento físico adaptados às pessoas com deficiência física nos parques, praças e centros esportivos.

Na oportunidade, o vereador do DEM considerou satisfatório o desempenho da Mesa. “Muito bem conduzida pelo presidente Ribeiro, a Mesa Diretiva teve ações importantes no processo de administração da Casa da Cidadania. Os resultados são vistos, não só na formalização de todo o processo administrativo e legislativo, bem como na agilidade de encaminhamentos que a Casa tem dado para os edis, servidores e pessoas que procuram a Câmara”, observa.

Educação do Estado

Justiniano criticou a atuação do Governo do Estado no setor de educação em Feira de Santana. No que diz respeito ao Ensino Superior, um dos exemplos negativos do Governo Wagner, na opinião do edil, foi a morosidade no atendimento às reivindicações do movimento grevista dos docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) que teve duração de 75 dias. “Eu acredito que nós tivemos um prejuízo enorme com a greve da Uefs, porque a universidade tem um papel importante no desenvolvimento do nosso município. A greve deixou uma lacuna muito grande”.

Sobre o Ensino Médio, o vereador sugeriu ao poder público a construção de unidades escolares estruturadas e de qualidade em outras regiões de Feira de Santana, visto que as maiores escolas estão concentradas na área central da cidade. Para Justiniano, que é professor licenciado em Ciências pela Uefs, “o Governo do Estado precisa dar uma resposta positiva com relação aos locais que têm sido vetores de crescimento e que necessitam de escolas com infraestrutura para atender aos alunos, não só do Ensino Fundamental de 5ª a 8ª series, mas, sobretudo do Ensino Médio”.

Legislativo x Executivo

Com uma vasta experiência político-administrativa, Justiniano, no período de 2002 a 2004, foi secretário municipal de Educação. Posteriormente, em 2005 a 2008, ocupou a pasta de Serviços Públicos. Na atual legislatura, ele atuou como líder da bancada governista e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico. No momento, exerce o segundo mandato de vereador e atua como 1º secretário da Câmara.

Questionado com qual das funções públicas mais se identifica (secretário ou vereador), ele disse que é apaixonado pelas duas funções, porém salientou que tem uma identidade muito forte com a função executiva.

No que tange ao Democratas, Justiniano afirmou que até o momento, em Feira de Santana, não houve nenhuma reunião com os membros do DEM sobre a questão de mudança de partido. “A nossa expectativa é que até o mês de setembro, caso não venha existir fatores que influenciem a nossa mudança, disputarei, no próximo ano, a reeleição pelo Democratas, porque estou confortável e satisfeito com o partido”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111010 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]