Prefeito de Feira de Santana troca secretários

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e secretário Jailton Batista. Mudanças no gabinete municipal são esperadas.

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e secretário Jailton Batista. Mudanças no gabinete municipal são esperadas.

Nos bastidores da política é preanunciada troca de secretários do município de Feira Santana. Segundo fontes ligadas ao governo, o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) deve convidar dois vereadores, Justiniano França (DEM) e Welligton Andrade (PTN), para compor o secretariado a partir de 2015.

Indicado por Carlos Geilson, Welligton Andrade deve assumir a Secretaria de Agricultura. Quanto a Justiniano França não foi definida a secretaria que deve ocupar, a possibilidade maior é que ocupe a Secretaria de Educação, ou a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL), atualmente, ocupada por Jailton Batista.

Depois de várias falhas no comando da Secretaria de Cultura, a exemplo das duas últimas micaretas, consideradas entre as piores micaretas da história de Feira de Santana, nos quesitos organização e comunicação, Batista conseguiu conduzir com certo brilho o ‘Natal Encantado’, evento que ocorreu em outros governos, e que na atual gestão de Ronaldo foi apresentado com certo grau de qualidade organizacional e cultural.

Comunicação é criticada

O Secretário de Comunicação Social (SECOM), Valdomiro Silva, tem recebido severas críticas por parte de setores da imprensa local. Nos bastidores, um dos nomes cotados para substituí-lo é o do jornalista Joilton Freitas. Freitas deixa a assessoria de comunicação da Câmara Municipal, em janeiro de 2015. Outro nome cotado para a pasta é Dimas Oliveira, atual chefe de gabinete da SECOM.

Sob a gestão de Valdorimo Silva recai suspeita de perseguição a veículos de comunicação, e favorecimento de veículos alinhados editorialmente com a comunicação da prefeitura. O Jornal Grande Bahia vai levantar dados sob os últimos seis meses da gestão de Valdomiro, e verificar como as verbas publicitarias foram distribuídas entres os veículos de comunicação e quais critérios foram adotados.

Deputado da base

Com relação ao empresário José Francisco Pinto (Zé Chico), candidato a deputado federal pelo Democratas na eleição de 2014, oportunidade em que obteve 55.170 votos (ficou na suplência), continua sendo uma incógnita. Com um secretariado combalido por graves problemas de gestão, principalmente nos setores de planejamento, obras, educação, e saúde, o governo municipal precisa de pessoas com capacidade decisória e visão social. Nos bastidores, muitos defendem a indicação de Zé Chico para o setor de obras.

Suplentes assumem

Dois nomes podem assumir mandato como vereadores, Otavio Joel de Araújo (Sargento Joel) é um dos nomes, candidato a vereador em 2012, obteve 3.181 votos, na oportunidade ele estava filiado ao DEM, e foi candidato pela coligação ‘O trabalho constante vai voltar’, composta pelo DEM, PMDB e PTN. Nas eleições de 2014, Joel concorreu ao cargo de deputado federal pelo Partido Ecológico Nacional (PEN). Ao desfilar-se do DEM, Joel pode ter perdido a oportunidade de retornar à Câmara Municipal de Feira de Santana.

O segundo nome cotado para a vaga de vereador é o do suplente pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN) Ewerton Carneiro da Costa (Tom). Ele é natural de Feira de Santana, tem ensino médio completo, e na eleição de 2012 obteve 3.422 votos.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).