Fabio Schvartsman, ex-presidente da Vale.
Manchete

MP de Minas Gerais denuncia Fabio Schvartsman e outras 15 pessoas por homicídio doloso em decorrência da tragédia causada com rompimento da represa da Vale em Brumadinho; Entre denunciados estão funcionários da Vale e da TÜV SÜD Bureau

O Ministério Publico de Minas Gerais (MPMG) denunciou nesta terça-feira (21/01/2020) o ex-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, e mais dez funcionários da mineradora pelo rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho,