Manifestações que pedem intervenção militar e fechamento do STF são ilegítimas, afirmou Pacheco.
Brasil

Presidente do Senado critica atos antidemocráticos do Dia do Trabalhador: ‘anomalias graves’

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, celebrou em suas redes sociais as manifestações populares ocorridas neste domingo (01/05/2022) em comemoração ao Dia do Trabalhador, mas condenou atos que pediam o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e intervenção militar. Essas manifestações são “ilegítimas e antidemocráticas”, afirmou.

Lucro 'muito acima da média' poderia ser eventualmente revertido à população, diz Pacheco.
Brasil

Senador Rodrigo Pacheco critica preço dos combustíveis e cobra ‘função social’ da Petrobras

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, criticou nesta segunda-feira (14/03/2022) a alta dos preços dos combustíveis no país. Ele disse que o Congresso Nacional tem levantado algumas discussões no sentido de exigir a “participação” da Petrobras para reduzir esse impacto, na condição de empresa que tem “função social”.

Movimentação dos senadores foi intensa durante as três horas em que os projetos sobre mudanças no ICMS de combustíveis foram debatidos. Votação dos projetos sobre combustíveis ficou para depois do carnaval de 2022.
Manchete

Arrecadação de ICMS e fontes para estabilizar preços de combustíveis dividem senadores sobre mudanças na legislação do ICMS

O pedido de adiamento da votação das propostas com medidas para conter o aumento no preço dos combustíveis, nesta quarta-feira (23/02/2022), gerou discussão intensa entre os senadores. Alguns apontaram possíveis prejuízos aos estados, outros manifestaram preocupação com o preço ao consumidor…

Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão solene do Congresso Nacional destinada à inauguração da 4ª Sessão Legislativa Ordinária da 56ª Legislatura.
Manchete

Congresso Nacional reabre trabalhos sob promessa de ano ‘politicamente complexo’

A cerimônia de abertura dos trabalhos legislativos de 2022, nesta quarta-feira (02/02/2022), foi marcada por temas como a superação de diversidades, entre elas a pandemia e os estragos causados pelas enchentes; os desafios econômicos e ambientais e também a defesa da democracia. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou esperar um ano “politicamente complexo” e de muito trabalho. Ele ressaltou a promessa de um ano com grande responsabilidade e produção do Legislativo, mesmo com as eleições de outubro.