Ministro do STF Edson Fachin falhou ao não verificar os indícios de atividade criminosa revelados pela defesa dos acusados e que ficaram comprovadas com as mensagens apreendidas pela Operação Spoofing e que demonstraram, em tese, a formação de uma espécie de ‘Sindicato do Crime’ com procuradores da República, membros da força-tarefa do Caso Lava Jato, em conluio com o juiz federal, responsável pelos processos em Curitiba.
Manchete

Edson Fachin anula condenações do ex-presidente Lula e manda ações penais para Justiça Federal do DF; Ministro do STF falhou ao permitir que um ‘Sindicato do Crime’ violasse direitos civis do líder trabalhista

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou, nesta segunda-feira (08/03/2021), a anulação de todas as decisões tomadas pela 13ª Vara Federal de Curitiba (PR) nas ações penais contra o ex-presidente Luiz Inácio

Mensagens trocadas entre membros da força-tarefa do Caso Lava Jato evidenciam formação de espécie de 'Sindicato do Crime' no MPF e precisa ser apurado. O material foi suprimido porque, segundo os procuradores, o “diálogo pode encaixar na tese do Lula de que não quis o apartamento, pode ser ruim para nós”. Os novos diálogos também revelam um plano premeditado de perseguir, incriminar e afastar Lula das eleições de 2018.
Manchete

Força-tarefa do Caso Lava Jato sonegou prova de inocência do ex-presidente Lula no caso do triplex; Evidências de formação de espécie de ‘Sindicato do Crime’ no MPF precisa ser apurada

Em nova petição encaminhada ao STF, nesta segunda-feira (01/03/2021), a defesa do ex-presidente Lula traz diálogos que compõem um verdadeiro manual do lawfare, hoje denunciado internacionalmente. As novas mensagens mostram que a “ lava jato” organizou

Ministro do STF Gilmar Mendes deve liberar para julgamento no primeiro semestre de 2021 o pedido do ex-presidente Lula para anular condenação realizada através do conluio realizado entre membros da força-tarefa do Caso Lava Jato e o juiz.
Entrevistas

Atuação de juiz em conluio com membros da força-tarefa do Caso Lava Jato prendeu ex-presidente Lula, apoiou eleição de Jair Bolsonaro e integrou governo, diz ministro do STF Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta segunda-feira (15/02/2021), em entrevista à BBC News Brasil, que a Operação Lava Jato “apoiou a eleição de Jair Bolsonaro”, “tentou interferir” no resultado eleitoral e

Ministro do STF Ricardo Lewandowski observou — sobre indícios que revelam possível atividade criminosa entre o então juiz Sérgio Moro, procurador da República Deltan Dallagnon, à época, chefe da força-tarefa do Caso Lava Jato e outros membros do MPF — que o conteúdo que veio à tona, até o momento, é extremamente grave e impactante e que deve causar perplexidade em quem tem o mínimo de conhecimento acerca do Devido Processo Legal.
Caso Lava Jato

2ª Turma do STF garante ao ex-presidente Lula acesso a arquivos da Operação Spoofing; Mensagens revelam indícios de conluio e atividade criminosa entre juiz e procuradores da República

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), por maioria de votos, não admitiu nesta terça-feira (09/02/2021) o recurso interposto por procuradores integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato e manteve o acesso do ex-presidente