Ministro Edson Fachin, presidente do TSE.
Blogs: Colunistas e Artigos

O TSE respondeu | Por Luiz Holanda

O questionamento feito pelas Forças Armadas sobre a segurança das urnas eletrônicas deixou de ser um mistério. O ministro Edson Fachin, ora no exercício da presidência do órgão, determinou a publicação das perguntas feitas pelos militares com suas respectivas respostas, esclarecendo as dúvidas levantadas pelo Ministério da Defesa

Ministros do STF e do STJ e convidados internacionais marcarão presença no Congresso Brasileiro de Magistrados (CBM) entre 12 e 14 de maio. As eleições de 2022 e a desinformação derivada da disseminação de notícias falsas serão abordadas em debate, bem como a Liberdade de Expressão.
Manchete

Salvador sedia maior encontro do Poder Judiciário no Brasil; Aplicação da jurisprudência sobre Liberdade de Expressão e Imprensa está na pauta de debates

Juízes e desembargadores de todo o país e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estarão em Salvador entre 12 e 14 de maio de 2022 para o 24º Congresso Brasileiro de Magistrados (CBM) – o maior evento do Poder Judiciário no Brasil, que volta a acontecer depois de um hiato de quatro anos em razão da pandemia de covid-19.

Ministro do STF Edson Fachin autoriza liberdade condicional e dedução de pena a Geddel Vieira Lima por aprovação no Enem. Ex-ministro teve dedução de quase dois anos da pena no caso dos R$ 51 milhões encontrados em apartamento.
Caso Lava Jato

Ministro do STF Edson Fachin defere liberdade condicional a Geddel Vieira Lima; Ex-ministro adotou rotina de ressocialização com estudo e trabalho no Complexo Penal

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu pedido de liberdade condicional do ex-ministro e ex-deputado federal Geddel Vieira Lima. Na decisão, proferida na Execução Penal (EP) 31, o relator também homologou a remição de 681 dias da pena, em razão de trabalho e estudo.

Juiz Suspeito: As evidências da associação entre Sérgio Moro e a força-tarefa do Caso Lava Jato. Após ter acesso às mensagens de celular apreendidas pela Operação Spoofing, a defesa de Lula reuniu inúmeras provas de que Moro e procuradores agiram fora da lei para alcançar objetivos políticos.
Manchete

As provas da farsa na atuação da força-tarefa do Caso Lava Jato que levaram a condenação de Sérgio Moro como juiz suspeito; Em tese, evidências demonstram sistema de ação da ‘Aliança do Crime’

Em 29 de dezembro de 2020, os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva obtiveram autorização do do Supremo Tribunal Federal (STF) para analisar mensagens de celular trocadas entre procuradores da República, membros da