Luís Roberto Barroso, ministro do STF.
Sistema Judicial

Roberto Barroso anula quebra de sigilo de ex-servidores da Saúde aprovada na CPI da Pandemia do Senado Federal; Ministro do STF apoiou Golpe contra Governo Rousseff e sustenta defesa do Governo Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso impediu a CPI da Pandemia do Senado de quebrar sigilos de Camila Giaretta Sachetti, ex-diretora do departamento de Ciência e Tecnologia e Flávio Werneck, ex-assessor

Ministro Luiz Fux, presidente do STF, é apoiador de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, que, em tese, formaram uma espécie de 'Aliança do Crime', cujo resultado prático foi a violação dos direitos civis do ex-presidente Lula, cumulado com a deposição de Dilma Rousseff e assunção ao poder da direita e extrema-direita protagonizadas por Michel Temer e Jair Bolsonaro, governante de viés fascista.
Manchete

Plenário do STF vai julgar recursos contra decisão que anulou condenações do ex-presidente Lula; Em tese, certos membros da Corte de Justiça, identificados com a direita e extrema-direita, apoiam ‘Aliança do Crime’

Por maioria de votos, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do ministro Edson Fachin de remeter ao Plenário o julgamento de três recursos (agravos regimentais) contra sua decisão que anulou as condenações do

Manchete

Senadores divergem sobre decisão do STF em obrigar Poder Legislativo a instalar CPI; Jair Bolsonaro atacou ministro Roberto Barroso; Magistrado apoiou assunção do extremista de direita ao poder

Senadores usaram as redes sociais na quinta-feira (08/04/2021) para comentar a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, que determinou a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, destinada

Banqueiro Ricardo Lacerda, sócio-fundador do BR Partners Banco de Investimento.
Manchete

Banqueiro cobra “mea-culpa” de elite empresarial e diz que “ânsia de evitar PT” provocou desastre; Genocídio em curso é, em parte, de responsabilidades das elites apoiadoras do Golpe Jurídico-Parlamentar de 2016

O banqueiro Ricardo Lacerda, sócio-fundador do BR Partners Banco de Investimento, disse que a elite empresarial deveria fazer um mea-culpa sobre apoio que deu para eleição de Jair Bolsonaro. Recentemente, um grupo de banqueiros, empresários

General Walter Souza Braga Netto assumiu o comando do Ministério da Defesa e faz apologia ao Golpe de Estado Civil-Militar (Ditadura Militar no Brasil de 1964 a 1985). Desgoverno Bolsonaro é marcado por instabilidade mental do extremista presidente e de subordinados.
Manchete

Senadores querem esclarecimentos sobre suposto plano de Golpe de Estado por parte do dementado Jair Bolsonaro; Comandantes das forças-armadas deixaram subentendido tentativa de uso das instituições em aventura antidemocrática

Após a mudança no Ministério da Defesa e a saída dos três comandantes das Forças Armadas, os senadores afirmaram em Plenário, nesta terça-feira (30/03/2021), que querem esclarecimentos dessa pasta — que agora passou a ser

Nesta quarta-feira (10/03/2021), na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez seu primeiro pronunciamento após a anulação das sentenças pelo STF.
Manchete

Associada a dois Golpes de Estado no Brasil, Rede Globo ataca ex-presidente Lula; Empresa dos Marinhos tem como candidatos à presidente da República o animador de auditório e o ex-juiz citado como líder do ‘Sindicato do Crime’

A Rede Globo não demorou a se manifestar sobre o discurso de Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira (10/03/2021). Momentos depois de o petista dizer que o Jornal Nacional teve edição “épica” esta semana