Páginas 1, 2 e 3 do Despacho do desembargador Salomão Resedá em desfavor do delegatário Davidson Dias de Araújo.
Manchete

Desembargador Salomão Resedá alerta para possível violação da Lei por parte do delegatário Davidson Dias de Araújo ao criar óbice ao funcionamento do Cartório de Registro de Imóveis de Formosa do Rio Preto

O Jornal Grande Bahia (JGB) obteve nesta quinta-feira (15/05/2019) acesso ao Despacho proferido no domingo (12) pelo desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) Salomão Resedá, Corregedor das Comarcas do Interior. No documento, ele

Páginas 1, 9 e 10 da decisão judicial do desembargador Salomão Resedá sobre conflito fundiário em Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, prolatada em 9 de maio de 2019.
Manchete

Conflito Fundiário: Desembargador Salomão Resedá identifica condutas de irregularidades procedimentais e funcionais na elaboração de escrituras de propriedades rurais de Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia

Com exclusividade, o Jornal Grande Bahia (JGB) obteve nesta quarta-feira (15/05/2019) acesso a decisão prolatada na quinta-feira (09) pelo desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) Salomão Resedá, Corregedor das Comarcas do Interior. No

Ministro Humberto Martins, Corregedor Nacional de Justiça.
Manchete

Ministro Humberto Martins determina que Corregedoria do TJBA apresente informações sobre suposto esquema de corrupção envolvendo servidores e magistrados; Caso envolve conflito fundiário em Formosa do Rio Preto

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou que a Corregedoria Geral da Justiça do Estado da Bahia se manifeste sobre fatos apresentados pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara

Conflito fundiário em Santa Rita de Cássia foi analisado durante a 288ª Sessão Ordinária do CNJ.
Manchete

Plenário do CNJ determina não cancelamento das matrículas imobiliárias da antiga Fazenda São José; Conflito Fundiário envolve terras de Santa Rita de Cássia e Formosa do Rio Preto

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) julgou procedentes dois recursos administrativos nos Pedidos de Providência 0007396-96.2016.2.00.0000 e 0007368-31.2016.2.00.0000, anulando a Portaria n. 105/2015 da Corregedoria das Comarcas do Interior da Bahia, do Tribunal de Justiça

Ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, diz que CNJ apura caso envolvendo conflito fundiário em Formosa do Rio Preto e a atuação de magistrados, servidores e cartórios em possíveis atos ilegais.
Manchete

Corregedoria Nacional apura existência de grilagem de terras junto ao TJBA; Conselheira diz que existem indícios de corrupção envolvendo magistrados e servidores; Caso envolve Município de Formosa do Rio Preto

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, encaminhou, nesta sexta-feira (26/04/2019), ofício à conselheira do Conselho Nacional de Justiça Maria Tereza Uille Gomes, informando que a Corregedoria Nacional já está apurando a disputa de

Audiência pública realizada na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados debate grilagem de terra em Formosa do Rio Preto. Servidores, magistrados e desembargadores do TJBA são citados como envolvidos em fraudes.
Manchete

Deputados federais debatem grilagem de terra em Formosa do Rio Preto; Disputa ocorre sobre área de 340 mil hectares, usada há décadas para produção de grãos; Caso envolve servidores do TJBA, magistrados e ex-presidente da Corte de Justiça

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados promoveu na terça-feira (04/12/2018) audiência pública para debater o conflito fundiário na Região de Coaceral, em Formosa do Rio Preto. Situada no

Osmar Serraglio: O deputado Osmar Serraglio afirma que a obtenção da escritura se deu de forma ilegal e envolve membros do Judiciário.
Manchete

Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados debate grilagem de terra em Formosa do Rio Preto; Osmar Serraglio diz que existe envolvimento de servidores e magistrados do TJBA em atos ilegais

Membros da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados promoveram audiência pública na terça-feira (04/12/2018) com a finalidade de discutir conflito fundiário na região de Coaceral, em Formosa do Rio