Nascente do Rio Preto, no oeste da Bahia, é ameaçada. A área, maior que a cidade de Recife (PE), está localizada em uma Unidade Estadual de Conservação no Condomínio Agronegócio Fazenda Estrondo, acusado da apropriação ilegal de 444 mil hectares de terras tradicionalmente ocupadas por comunidades geraizeiras.
Manchete

Caso Estrondo: Organizações pedem que Governo da Bahia revogue autorização ilegal para desmatamento de 24.732 hectares no oeste da Bahia; Nascentes do Rio Preto estão sob ameaça de completa degradação

Cinquenta e seis organizações da sociedade civil enviaram, na quarta-feira (01/09/2021), uma carta aberta ao Governador do Estado da Bahia, à Secretaria de Meio Ambiente e a Coordenação de Desenvolvimento Agrário exigindo a revogação da

Capítulo XLV do Caso Faroeste apresenta retrospectiva dos fatos da última semana de julho de 2021 e retoma narrativa com a citação do ingresso, no ano de 2017, de Domingos Bispo como parte no processo judicial iniciado em 1981 por José Valter Dias, no qual são reivindicados os direitos de posse e propriedade sobre as terras da antiga Fazenda São José.
Manchete

Capítulo XLV do Caso Faroeste: A prisão do sexto suspeito de envolvimento no Caso Bandeirantes; O bloqueio de milhões de dólares na Suíça de recursos ligados a empresa de Suarez; E o ingresso de Domingos Bispo na disputa pelas terras da antiga Fazenda São José

A última semana de julho de 2021 trouxe novidades sobre o Sistema de Corrupção Faroeste que abrangem a prisão do sexto suspeito de envolvimento no Caso Bandeirantes. Outro fato da última semana diz respeito a

Criminosos confessos Nelson José Vigolo e Sandra Inês Rusciolelli protagonizam os principais fatos e notícias sobre o Caso Faroeste, durante a segunda semana de julho de 2021.
Manchete

Capítulo XLIII do Caso Faroeste: Criminoso confesso Nelson José Vigolo ataca o TJBA; Associada da ORCRIM, Sandra Inês Rusciolelli tem estrutura da delação revelada na qual são citados dezenas de nomes

A segunda semana de julho de 2021 trouxe fatos novos sobre o Sistema de Corrupção Faroeste. Seis investigados, enquadrados pelo Ministério Público Federal (MPF) como membros de duas Organizações Criminosas (ORCRIM) protagonizaram as notícias deste

Ministério Público da Bahia apresenta denúncia criminal contra representantes do Grupo Bom Jesus Agropecuária e associados, por propina de R$ 1 milhão à magistrado. Representação é decorrente das investigações federais do Caso Faroeste.
Manchete

MPBA denuncia juiz, advogados e empresário envolvidos no Caso Faroeste por corrupção e lavagem de dinheiro; Propina de R$ 1 milhão foi ajustada com magistrado para blindar Grupo Bom Jesus Agropecuária

O Ministério Público da Bahia (MPBA), por meio da procuradoria-geral de Justiça e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), denunciou nesta segunda-feira (12/07/2021), Sérgio Humberto de Quadros

A promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia (MPBA) Ediene Santos Lousado atuou como procuradora-geral de Justiça no biênio 2018 – 2020. Ela foi denunciada pelo MPF, em 2 de julho de 2021, no âmbito da Operação Faroeste, através da Ação Penal nº 1025-DF.
Manchete

Capítulo XLII do Caso Faroeste: A nova denúncia do MPF e a delação da desembargadora do TJBA Sandra Inês Rusciolelli, cujos atos ilícitos, em tese, foram praticados em associação com representantes do Grupo Bom Jesus Agropecuária

Os 10 primeiros dias de julho de 2021 foram pródigos em notícias sobre o Sistema de Corrupção Faroeste. Em 2 de julho de 2021 (sexta-feira), o Ministério Público Federal (MPF) apresentou a 7ª denúncia (Ação

Cinco magistrados e uma promotora estão entre os 16 denunciados no Caso Faroeste. MPF requer perda de função pública, condenação e pagamento de multa e indenização. Investigação federal envolve esquema de venda de sentenças judicias. 
Manchete

MPF apresenta denúncia contra 16 investigados no âmbito do Caso Faroeste; Desembargadores, juízes, servidores, ex-servidores, empresários e promotora de Justiça são citados na representação

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou na sexta-feira (02/07/2021) nova denúncia, a sétima, decorrente da Operação Faroeste. Desta vez, foram denunciadas 16 pessoas pelos crimes de corrupção nas modalidades ativa e passiva, lavagem de dinheiro