Diálogos analisados pelo The Intercept Brasil e Folha de S. Paulo, e repercutidos pela Revista Veja, indicam que ex-presidente da OAS foi alvo de ceticismo de procuradores e mudou versão sobre tríplex várias vezes até chegar na que levou à condenação do ex-presidente.
Caso Lava Jato

Força-tarefa da Lava Jato duvidou de empreiteiro que incriminou ex-presidente Lula, apontam mensagens; Acordo de delação foi modificado para atender interesse de Sérgio Moro e de procuradores da República

O ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro, que incriminou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso envolvendo um tríplex no Guarujá, foi inicialmente alvo de desconfiança de membros da Operação Lava Jato, segundo