Ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro é investigado por possível atividade criminal quando atuou como juiz do Caso da força-tarefa do Caso Jato. Mensagens apreendidas durante a Operação Spoofing revelaram evidências de conluio persecutório com procuradores da República.
Manchete

Sócio da administradora judicial da Odebrecht, ex-juiz federal Sérgio Moro é investigado pelo TCU; Evidências de uma espécie de ‘Sindicato do Crime’ parece ter operado através da força-tarefa do Caso Lava Jato

Reportagem do site Consultor Jurídico (ConJur) e de Nathan Lopes do UOL revela que a pedido do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) investiga conflito de interesses do ex-juiz Sergio Moro, que

Em registro de 5 de fevereiro de 2020, ministro Sérgio Moro e o extremista Jair Bolsonaro.
Caso Lava Jato

Sérgio Moro atuou acima da lei e recebeu ministério do Governo Bolsonaro como recompensa, diz NYT; Evidências de conluio com procuradores da República revelam espécie de ‘Sindicato do Crime’ operando no MPF

Reportagem de Tiago Angelo, publicada nesta segunda-feira (01/03/2021) no site Consultor Jurídico (ConJur), revela que Gaspar Estrada, diretor-executivo do Observatório Político para a América Latina e o Caribe, voltou a criticar a autointitulada operação “lava

Mensagens apreendidas pela PF durante deflagração da Operação Spoofing, ocorrida em 23 de julho de 2019, com o objetivo de investigar as invasões às contas de Telegram de membros da força-tarefa do caso Lava Jato em Curitiba e do, à época da Operação, ministro Sérgio Moro, então juiz federal encarregado do caso, revelaram possível conluio em mensagens de procuradores da República, com uso vulgar da linguagem, cuja tipicidade é de facínoras e se encontra distante do que se espera dos mais bem remunerados servidores da República. O que levanta a hipótese de que uma espécie de ‘Sindicato do Crime’ parece ter operado através da força-tarefa do Caso Lava Jato.
Caso Lava Jato

“OAS tem que mijar sangue”, disse procurador da República sobre delação; Linguagem vulgar é típica de criminosos e MPF parece ter sido dominado por um ‘Sindicato do Crime’

Reportagem do Consultor Jurídico (ConJur), veiculada nesta segunda-feira (01/03/2021), apresenta possíveis diálogos do que se revela como uma espécie de ‘Sindicato do Crime’ que infesta o Ministério Público Federal (MPF). As mensagens foram apreendidas pela

Jair Bolsonaro acusa sindicato do crime instalado no MPF de tentar cooptar presidência da República. Operação Spoofing revelou evidências de possível organização criminosa operando no interior do MPF, através de membros da força-tarefa do Caso Lava Jato. Bolsonaro acusa Deltan Dallagnol e diz que diálogos revelam perseguição à família.
Manchete

Presidente Jair Bolsonaro identifica ‘Sindicato do Crime’ em atuação de procuradores da República do Caso Lava Jato; Família do mandatário foi perseguida e ocorreu tentativa de cooptação do Poder da República

Reportagem de Murilo Fagundes, publicada nesta sexta-feira (26/02/2021) no site Poder360, revela que o presidente Jair Bolsonaro disse que houve “perseguição” à família e que o fato foi revelado através das trocas de mensagens entre

As mensagens apreendidas durante a Operação Spoofing, deflagrada pela PF em 23 de julho de 2019, revelaram evidências de possível organização criminosa operando no interior do Ministério público Federal (MPF), em conluio com o juiz encarregado do Caso Lava Jato em Curitiba.
Caso Lava Jato

Juiz nega pedido de prisão de acusado de hackear autoridades; Mensagens apreendidas durante a Operação Spoofing revelaram evidências de possível organização criminosa operando no interior do MPF

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou nesta quinta-feira (25/02/2021) pedido de prisão de Walter Delgatti, um dos investigados pela invasão dos celulares de diversas autoridades, entre as quais, o ex-juiz

Lava Jato negociou com países estrangeiros à revelia das leis nacionais.
Manchete

Membros da força-tarefa do Caso Lava Jato discutiram divisão do dinheiro da Odebrecht com EUA e Suíça; Evidências indicam escalda de uma organização criminosa no interior do MPF e da Justiça Federal de Curitiba

Novas mensagens apreendidas na operação spoofing indicam que procuradores da “ lava jato” tinham consciência de que os americanos poderiam quebrar a Odebrecht, mas, mesmo assim, deram continuidade às tratativas com as autoridades dos Estados