Banda Meus Amigos Estão Velhos lança EP ‘Soa Como Caos’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Com quatro canções gravadas antes e durante a pandemia, o EP da banda Meus Amigos Estão Velhos já está disponível em todas as plataformas de streaming.
Com quatro canções gravadas antes e durante a pandemia, o EP da banda Meus Amigos Estão Velhos já está disponível em todas as plataformas de streaming.

A Meus Amigos Estão Velhos é uma autêntica banda de rock da Bahia e lança o EP ‘Soa Como Caos’, palíndromo (palavras ou frases que podem ser lidas da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda) caótico que sai pelo selo Banana Atômica. Caótico, porque o vocalista da banda Thiago Guimarães acredita que cada canção vá para um estilo diferente. Com quatro canções “Eu sei que você sabe”, “Novos Amigos”, “Camisa Preta” e “Mamata”, todas gravadas antes e durante a pandemia, o EP já está disponível em todas as plataformas de streaming.

Formada pelos veteranos da cena local, o supracitado Thiago Guimarães (vocal/guitarra), Bruno Carvalho (guitarra), Dudare (baixo) e Glauco Neves (bateria). Por conta da pausa que o mundo teve que dar, o grupo teve mais chance de trabalhar músicas que estavam na gaveta e o EP foi se construindo aos poucos.

“Justamente, por conta da pausa nos shows, o ‘Soa Como Caos’ foi um disco produzido com bastante calma e esmero, sem pressa. Gravamos, regravamos, mixamos e remixamos tudo diversas vezes, sempre que achávamos que podia ficar melhor e o resultado tá aí, adoramos”, conta Thiago.

A banda cita influências diversas dentro do rock, tais como Nirvana, Black Sabbath, Beatles, The Raconteurs, Pixies, Queens Of The Stone Age, Mutantes, Guilherme Arantes, Maglore, Rita Lee, Sonic Youth Radiohead e Tom Zé. Olhando para elas dá para entender melhor a salada que o grupo faz dentro do próprio rock neste lançamento.

Um dos destaques é a música “Mamata”, um dos singles lançado pela MAEV ano passado, que reflete sobre o momento atual no Brasil.

“A música fala sobre esses tempos estranhos que estamos vivendo, de conflitos ideológicos nas redes sociais, disseminação de fake news indiscriminadamente e total falta de bom senso de quem deveria nos governar. Ela nasceu da cachola de Bruno, ele trouxe o main riff e a letra, com refrão e tudo já, a banda só terminou de aprontar ela no estúdio”, explica Thiago.

O “Soa Como Caos” é o primeiro lançamento de uma série de novidades que a banda vem produzindo. Ainda esse ano, o grupo começa a gravar seu primeiro disco cheio, com dez canções inéditas, compostas durante a retomada, pós o distanciamento social. “São músicas que olham para frente. Ampliamos o nosso leque de influências, dando ainda mais destaque para as melodias”, adianta Dudare. “Será um disco diferente do que já fizemos, mas ainda assim com a nossa cara”, completou Glauco.

A MAEV disponibilizou o seu EP de estreia “Mojave Mojito” em todas as plataformas digitais, em julho de 2019. No mesmo ano, em novembro, lançaram “VIVO”, um registro ao vivo em estúdio, das canções que compõem o primeiro EP e marcaram presença no Festival Feira Noise, um dos maiores do Nordeste.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123186 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.