Salvador: Museu do Mar apoia tríduo ‘Devoção Popular a Santo Antônio’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Evento religioso é realizado pelo artista plástico Rodrigo Guedes, no Santo Antônio Além do Carmo, há 16 anos.
Evento religioso é realizado pelo artista plástico Rodrigo Guedes, no Santo Antônio Além do Carmo, há 16 anos.

O tríduo em homenagem a Santo Antônio, realizado pelo artista plástico Rodrigo Guedes, voltará a acontecer nos dias 11, 12 e 13 de junho de 2022, após 2 anos sem a presença do público, devido à pandemia da Covid-19. Nesta edição, o evento – que acontece há 16 anos, na casa n° 559, no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador – conta com o apoio do Museu do Mar Aleixo Belov. “Como um equipamento cultural, localizado no coração do bairro, o Museu do Mar está sempre em busca de valorizar as manifestações culturais locais, principalmente as que enaltecem a tradição da comunidade. E o tríduo Devoção Popular de Santo Antônio é um exemplo disso”, pontua Care Oliveira, coordenadora administrativa do museu.

À frente da celebração, Guedes destaca que a iniciativa dá continuidade a uma tradição religiosa ainda mais antiga. “A reza pública de Santo Antônio acontece aqui, no mesmo bairro do santo, há 16 anos, onde dou seguimento a uma história centenária por parte das minhas duas avós (Elza Guedes, falecida em 2015, com 94 anos, e Maria do Socorro), que realizavam a celebração desde a infância”, explica ele, salientando que Dona Maria, 79 anos, ainda continua a promover a homenagem junto com ele.

Dias de festa e devoção

O primeiro dia do tríduo (11/06) contará com a apresentação do Coral do Mosteiro de São Bento, às 18h30. Trinta minutos depois (às 19h), acontecerá a procissão de abertura, com os andores de São João, São Pedro e Cosme e Damião.

O cortejo sairá da casa nº 559, em direção à residência onde morava Dona Elza. De lá, a imagem de Santo Antônio passará a integrar a comitiva. Todo o percurso será acompanhado por uma banda de sopro e percussão.

Guedes explica que, no dia 12, o imóvel estará aberto ao público a partir das 14h, com a reza acontecendo às 19h30. Já no dia 13, que é dedicado ao santo, o local abrirá para visitação durante todo o dia, com a reza do terço de Santo Antônio às 14h e encerramento dos festejos às 19h30.

Altar e ijexá

O artista plástico conta que o público poderá admirar, durante os três dias, a manutenção das tradições. “O altar é todo feito com papelão, papel e material reciclado, preservando a arte manual e também o legado das avós que faziam isto em suas casas”, destaca ele, salientando que “a reza é tocada no ritmo do ijexá, desde o ano de 2012, trazendo o som ancestral e baiano às cantigas de Santo Antônio”.

Ele ainda pontua que o tríduo fará homenagem também a São João e a São Pedro, que compõem o ciclo junino, e, de forma especial, neste ano, serão reverenciados Cosme e Damião. “Por isso, além dos pães de Santo Antônio, teremos também as balas dos santos gêmeos”.

Museu do Mar Aleixo Belov

Localizado em um casarão amarelo de três andares que mistura arquitetura clássica com moderna no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o Museu do Mar Aleixo Belov guarda relíquias adquiridas durante as cinco viagens que o velejador Aleixo Belov, 79 anos, fez ao redor do mundo, sendo três delas em solitário no veleiro “Três Marias”. Essa embarcação é o pilar central do equipamento cultural. Crianças de até 5 anos não pagam. Nas quartas, o acesso é gratuito.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122995 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.