Operação Turandot: Oito pessoas são presas; Mandados foram cumpridos em Salvador, Paulo Afonso e Aracaju e são referentes a terceira fase da Operação Inventário

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Operação Turandot atua contra investigados nos Casos Inventário e Caso Rapere in Jus.
Operação Turandot atua contra investigados nos Casos Inventário e Caso Rapere in Jus.

O Ministério Público da Bahia (MPBA), por meio do Grupo de Apoio Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou na manhã desta terça-feira (07/04/2022), a terceira etapa da ‘Operação Inventário’, denominada ‘Turandot’, para cumprimento de oito mandados de prisão preventiva decretados pela 1ª Vara Criminal de Paulo Afonso.

A ‘Turandot’ investiga fraudes milionárias em processos judiciais em trâmite na comarca de Paulo Afonso, supostamente praticados por organização criminosa formada por juiz aposentado, advogados, serventuários e particulares. Oito pessoas foram presas em Salvador (3), Paulo Afonso (4) e Aracaju (1).

Segundo as denúncias oferecidas pelo Gaeco e já recebidas pela Justiça, um dos principais responsáveis na Orcrim por forjar alvarás de inventário fraudulentos, preso nesta terça-feira, movimentou mais de R$ 50 milhões em renda descoberta, ou seja, em recursos não declarados. Parte do montante, apontam as investigações, foi repassada por meio do uso de “laranjas” e, inclusive, destinada para compra de imóveis de luxo na Flórida, nos Estados Unidos, avaliados em mais de R$ 5 milhões. Durante as investigações, foram identificados diversos saques em espécie em valor acima de R$ 100 mil.

A terceira fase da ‘Operação Inventário’ é resultado de esforço conjunto do Ministério Público da Bahia, por meio do Gaeco; da Polícia Civil, por meio da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin – Paulo Afonso); e da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Grupamento Aéreo (Graer). Também contou com o apoio da Força-Tarefa de combate a crimes praticados por policiais civis e militares, das Corregedorias da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e da Polícia Militar, do Gaeco do Ministério Público de Sergipe e da Ordem dos Advogados do Brasil.

Prisão

O site Bahia Notícias reportou que dentre as oito prisões efetuadas nesta terça-feira (07), uma é referente ao magistrado de primeiro grau Rosalino dos Santos Almeida, ex-juiz titular que atuou por 25 anos na 1º Vara dos Feitos relativos às Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais da Comarca de Paulo Afonso, antes da aposentadoria.

Uma série de reportagens do Jornal Grande Bahia (JGB) revelou fases e documentos da investigação e estão reunidas sob a denominação ‘Caso Rapere in Jus‘.

*Com informações do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA).

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122992 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.