O que é a Liga Nacional

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Times têm acesso a Liga Nacional ao vencer os campeonatos regionais
Times têm acesso a Liga Nacional ao vencer os campeonatos regionais.

Desde que o futebol chegou ao Brasil, sua prática sempre encontrou um jeito, ou melhor, um canto. O campo de terra foi o primeiro e, mais tarde, as quadras. É no mínimo curioso que uma modalidade tão arraigada à cultura brasileira quanto o velho e bom futebol de salão, só tenha constituído uma entidade que o representasse em 1996, como é o caso da Liga Nacional de Futsal (LNF), de todos os pontos importantes resultantes desta constituição, é que daí se origina nosso campeonato brasileiro da modalidade, através da Confederação Brasileira de Futsal. O propósito era o de profissionalizar o calendário das equipes do país, e assim foi. 

Para participar do campeonato é preciso comprar uma franquia ou se associar a uma franquia já existente. O campeão de cada edição, além de receber uma premiação em dinheiro e um troféu, ganha o direito de representar o Brasil em campeonatos internacionais. A inspiração veio do modelo do basquete norte-americano, hoje um evento de sucesso reconhecido no mundo todo pela organização, estrutura e qualidade técnica dos participantes.

Com essa filosofia de sempre levar o melhor espetáculo ao público, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) deu início no dia 27 de abril de 1996 à Liga Futsal, em parceria com as principais empresas de material esportivo do mundo, patrocinadores de renome nacional, clubes tradicionais e a televisão. No dia 11 de Julho de 2014, o presidente da CBFS, Renan Pimentel, convocou todos os proprietários de franquia ou representantes devidamente credenciados para uma Assembleia na qual foi aprovada a Fundação da Liga Nacional de Futsal, que hoje é a empresa que controla a estrutura e organiza o campeonato, um dos mais disputados do mundo. 

A LNF já teve 13 campeões diferentes, espalhados por seis estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais). Com cinco títulos conquistados (2001, 2004, 2006, 2009 e 2015), o Carlos Barbosa é o maior vencedor, seguido pelo Jaraguá, que levantou o caneco quatro vezes (2005, 2007, 2008 e 2010), e da Ulbra-RS, dona de três troféus (1998, 2002 e 2003). 

Dentre os clubes que já foram campeões brasileiros de futebol, apenas Atlético-MG, Corinthians, Internacional, Santos e Vasco estão no hall dos vencedores da LNF. O Inter faturou o título logo na primeira edição, em 1996. Já o Galo conquistou o bi em 1997 e 1999. O Vasco, por sua vez, levou a taça em 2000, ano em que também foi campeão brasileiro no futebol. Em 2011 foi a vez do Santos entrar para a galeria de campeões, superando o Carlos Barbosa na decisão. Feito repetido cinco anos depois pelo Corinthians, vencedor da LNF 2016 numa final paulista contra o Sorocaba.

A LNF ganhou um novo e inédito campeão. Ao superar o Magnus na decisão e conquistar o seu primeiro título, o Cascavel tornou-se a 13ª equipe na história a levantar a taça da principal competição da modalidade no Brasil. 

Na distribuição de títulos por estado, Rio Grande do Sul lidera com nove conquistas. Santa Catarina e São Paulo dividem a vice-liderança do ranking, ambos com cinco canecos. Com os títulos do Pato em 2018 e 2019, o Paraná soma três taças, e Minas Gerais, duas. Já o Rio tem apenas o caneco solitário do Vasco em 2000. A participação quase esporádica de grandes clubes do futebol brasileiro na competição, encontra razões justamente naquilo que parece a solução para os problemas do futebol brasileiro; a franquia. Muitos clubes parecem não saber lidar com este tipo de negócio, ou simplesmente não conseguem compreender a dinâmica que ali se inscreve. Por outro lado, muitos clubes simplesmente não querem investir em outra modalidade. A Liga veio para ficar e dar ainda mais brilho ao futsal brasileiro, sete vezes campeão mundial.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123119 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.