Ações do Governo da Bahia em benefício do setor agropecuário foram destacadas durante Edição 2022 da Bahia Farm Show

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Edição 2022 da Bahia Farm Show ocorreu em Luís Eduardo Magalhães.
Edição 2022 da Bahia Farm Show ocorreu em Luís Eduardo Magalhães.

A diretoria da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) reuniu a imprensa, na sexta-feira (03/06/2022), para apresentar números e impressões a respeito da 16ª edição da Bahia Farm Show, que teve abertura oficial ocorreu na quarta-feira (01/06) e segue com sua programação foi até o sábado (04/06), na cidade de Luís Eduardo Magalhães. A Aiba é a criadora e organizadora da feira que, este ano, conta com mais de 350 expositores de produtos e tecnologias. Dentre outros assuntos, foram comentados os parâmetros regulatórios que passam a ser empregados na fronteira entre a Bahia e o estado de Tocantins, no tangente ao setor agropecuário, e as novas regulamentações sobre a utilização de água do Aquífero Urucuia para irrigação no Oeste da Bahia, anunciados pelo governador Rui Costa no evento de abertura da feira.

Na roda de conversas com os jornalistas, o presidente da Aiba e da Bahia Farm Show, Odacir Ranzi, o diretor financeiro da Aiba, Hélio Hopp, e o diretor da Bahia Farm Show, Felipe Faccione, dando uma dimensão das atenções de toda a sociedade para com o evento, revelaram que, para esta edição, foram credenciados mais de 190 profissionais da comunicação, o que dá uma dimensão do interesse crescente a respeito do mundo da agropecuária. Outro dado que dimensiona o agigantamento da feira de Luís Eduardo Magalhães, que já é a maior do Norte e Nordeste do Brasil, é a presença de várias delegações de diversos estados da federação, além de países como África e Estados Unidos.

Sobre a questão da fronteira agrícola Bahia-Tocantins, Odacir Ranzi falou da importância do que classificou como “a pacificação, no sentido jurídico, dessa importante fronteira. Essa é uma luta de 38 anos e foi com muito prazer que acompanhamos o governador Rui Costa, da Bahia, e de Tocantins, Wanderlei Barbosa, aqui, em nossa feira, anunciando a realização do acordo”. A nova legislação dá segurança jurídica aos proprietários de terras que têm seus limites dentro das duas fronteiras, facilitando, também, aquisição de créditos agrícolas e negociações várias, no setor agropecuário, nessa faixa de terras.

Quanto ao novo marco de utilização de água para irrigação na região Oeste, o presidente da Aiba e da Bahia Farm Show lembrou que já há algum tempo vem sendo desenvolvidos estudos para uma maior flexibilização do uso das águas do Aquífero Urucuia, o maior do Brasil e que também beneficia a região Oeste da Bahia, além de regiões dos estados de Minas Gerais, Tocantins, Goiás, Piaui e Maranhão.

“Por mais de cinco anos estamos estudando o tema, em parcerias com universidades, entidades e Governo da Bahia. Chegamos a visitar a Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, de onde trouxemos dados importantes para esse novo momento. Tudo foi feito levando-se em conta estudos técnicos e científicos, tudo baseado na ciência. Agora, vamos esperar a portaria do Governo da Bahia para entendermos melhor as novas diretrizes. Mas é algo muito importante para a agricultura de toda a região e certamente trará grandes benefícios para o setor”, comentou Odacir Ranzi.

O secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (Seagri), Leonardo Bandeira, vem acompanhando de perto as questões da fronteira Bahia-Tocantins e das novas diretrizes para utilização de água do Aquífero Urucuia. Leonardo Bandeira fez parte da comitiva do governador Rui Costa, na abertura da Bahia Farm Show. Sobre os temas, o secretário destacou a seriedade dos estudos que balizaram as duas decisões anunciadas pelo governador.

“Foram realizados estudos sequenciados, em parceria com diversas instituições. Então, as decisões anunciadas pelo governador Rui Costa são frutos de um extremo respeito à sustentabilidade, ao meio ambiente e, principalmente, à ciência. Todo o esforço resultou nessas duas ações que vão impactar, de maneira forte e positiva, no setor agropecuário do Oeste da Bahia, criando empregos e melhorando a renda das famílias, gerando riquezas para todo o estado”, avaliou Leonardo Bandeira.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122987 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.