Salvador: Na Liberdade, Jerônimo Rodrigues comenta relação do ex-prefeito de Salvador com Jair Bolsonaro; “Sempre estiveram juntos”, diz

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Pré-candidato Jerônimo Rodrigues mantém encontro com lideranças e moradores do Bairro Liberdade, em Salvador.
Pré-candidato Jerônimo Rodrigues mantém encontro com lideranças e moradores do Bairro Liberdade, em Salvador.

“Na Bahia só tem um [pré-candidato] do Lula, que sou eu. Do outro lado, eles vão ter que disputar lá o presidente deles, que sempre estiveram juntos. Estão mudando feito camelão, achando que isso engana o povo, mas, o povo da Bahia não pode ser enganado. O povo da Bahia precisa de um governador aliado com o presidente para enfrentar a fome, o desemprego e os maus tratos com as pessoas”, afirmou o pré-candidato a governador do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, em resposta a um questionamento feito por jornalistas, na noite desta segunda-feira (23/05/2022), sobre a possibilidade da retirada da candidatura do ex-ministro da Cidadania e a oficialização da aliança do ex-prefeito de Salvador com o presidente da República.

Ainda no bate-papo com a imprensa durante o esquenta do Programa de Governo Participativo (PGP), na sede do Ilê Aiyê, no bairro da Liberdade, na capital baiana, o pré-postulante a suceder o governador Rui Costa (PT) na gestão do Estado afirmou que a disputa estadual passou a ter “um riscado no chão”: “de um lado, o time de Lula, e tem os outros: quem ocupou os cargos do governo federal na Bahia? Quem em 2018 apoiou o governo do presidente atual? A Bahia sabe muito bem. Estamos percorrendo a Bahia e estamos vendo a sede do povo pela volta de Lula. A gente vê a sede do povo querendo um governo federal que anime a nossa esperança”, disse, ao defender que o time de Lula, Rui, Wagner e Otto sempre trabalhou pelo povo: “os outros são os que estavam do outro lado, nunca foram diferentes”.

“Vamos trabalhar para vencermos no 1º turno, assim como foi com Wagner e Rui. Eles vão ter que achar uma fórmula para acompanhar a gente. A correria vai dobrar, porque se o Rui está fazendo muito, sozinho, Jerônimo vai ser dobrado porque teremos Lula como parceiro”, finalizou o petista, que participou do ato ao lado dos também pré-candidatos a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB) e ao Senado, Otto Alencar (PSD), além do senador Jaques Wagner (PT) e outras lideranças locais e regionais.

PGP

Na manhã desta segunda, antes do ato na Liberdade, Jerônimo participou de uma reunião com mobilizadores territoriais do PGP, juntamente com Geraldo Júnior e Jaques Wagner. Na ocasião, foi discutido com os articuladores e lideranças políticas, a organização da Caravana Mais Bahia, que está estruturando demandas dos 27 territórios de identidade da Bahia. “Isso que estamos fazendo é uma ferramenta de gestão, não é só um ato político, é construir o que ele (Jerônimo) vai botar no programa de governo dele”, disse Wagner.

Jerônimo em sua fala enfatizou sobre a importância do diálogo com a população, especialmente os mais jovens. “Quero a juventude inteirando e fazendo a mudança necessária, ocupando o espaço”, defendeu. Jerônimo também falou em dar continuidade e ampliar as políticas públicas para as pessoas com deficiência no estado. “Quero que no nosso programa de governo tenha uma atenção especial às pessoas com deficiência”, apontou o petista. Dezenas de lideranças políticas regionais estiveram presentes no encontro, realizado em um hotel na Orla da capital baiana.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123215 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.