Rússia é invulnerável às sanções e Ocidente não pode manipular o mundo, destaca mídia

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornalista britânico do jornal Financial Times destacou ao El Mundo que a Rússia segue invulnerável às sanções contra o setor energético do país.
Jornalista britânico do jornal Financial Times destacou ao El Mundo que a Rússia segue invulnerável às sanções contra o setor energético do país.

Um jornalista britânico do jornal Financial Times destacou ao El Mundo que a Rússia segue invulnerável às sanções contra o setor energético do país.

“A Rússia sempre encontrará compradores para seu combustível”, destacou.

Além disso, o jornalista britânico afirmou que as medidas restritivas aplicadas à Rússia nunca terão o efeito esperado pelo Ocidente.

“As sanções econômicas contra a Rússia teriam mais efeito se fossem mais rigorosas e incluíssem o gás, mas jamais serão completamente impenetráveis, pois a Rússia pode comprar, por exemplo, através da China”, ressaltou.

O jornalista ainda destacou que o Ocidente não pode fazer com que o mundo inteiro se junte ao embargo dos recursos energéticos russos.

Em resposta à operação de Moscou, os EUA decidiram implementar a bateria de sanções mais dura já vista contra a Rússia. Biden e seus aliados, como os Estados-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), instaram a UE e o resto do mundo a potencializar tais sanções aderindo ao modelo de “guerra híbrida” adotado pelos norte-americanos.

Embargos e proibições foram adotados nos mais diversos setores com o objetivo de estrangular a economia russa. As reservas internacionais do país foram congeladas e investimentos interrompidos. As sanções, entretanto, tiveram reflexos em outros setores, como esporte e cultura, e ainda através da censura dos meios de comunicação do país no Ocidente.

Além disso, as sanções intensificaram a crise energética da União Europeia que, mesmo advertida por Pequim e Moscou, seguiu a liderança norte-americana no embargo às exportações russas no setor energético, afetando diretamente os preços do petróleo, do gás natural e dos alimentos e elevando a inflação nas principais economias em todo mundo.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123164 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.