Feira de Economia Solidária tem resultados positivos em Feira de Santana, avaliam participantes

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Empreendimentos locais e de municípios como Amargosa, Milagres, Itatim, Banzaê e Mairi estiveram presentes na Feira de Economia Solidária. Evento teve apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Feira de Santana (Sintraf).
Empreendimentos locais e de municípios como Amargosa, Milagres, Itatim, Banzaê e Mairi estiveram presentes na Feira de Economia Solidária. Evento teve apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Feira de Santana (Sintraf).

Thaiane de Jesus faz parte do grupo Nosso Sabor. Ela e outras mulheres produzem cocadas que utiliza coco em sua base e agrega diversos sabores. A marca surgiu há cerca de três meses e a Feira da Agricultura Familiar e Economia Popular Solidária: Saberes e Sabores, realizada entre os dias 5 e 7 de maio de 2022, no estacionamento da Prefeitura de Feira de Santana foi uma oportunidade para elas exibirem seus produtos. O evento foi realizado pela Cáritas Regional Nordeste 3.

“Foi maravilhoso participar desse espaço de comercialização, conhecendo pessoas diferentes, outros empreendimentos de outros municípios e tivemos vendas maravilhosas, inclusive com novas encomendas”, avalia.

Quem também comemora é Eliene Silva. Natural de Amargosa, ela preside a Associação dos Agricultores Familiares do Tamanduá, na zona rural do município e atua no projeto Favos do Vale voltado para apicultura. A empreendedora econômica solidária vê na feira o espaço para intercâmbios e ampliação de visibilidade da produção.

“Para mim foi um presente participar da feira, em vários aspectos. Tivemos a oportunidade de mostrar nossos produtos às pessoas e ampliar o público consumidor. Depois, a formação de rede, as pessoas que conhecemos, as dinâmicas de grupo e as trocas de experiências nos enche de energia e voltamos para casa para agregar ainda mais em nossa atuação”, conclui.

Valdir Barbosa é do município de Itatim e faz parte da Associação Comunitária de Lagoa do Canto. Ele produz artesanatos em argila com destaque para panelas de cerâmica e celebra a participação na feira. “É uma experiência muito boa porque conseguimos ampliar conhecimentos e a feira promove essa aproximação das comunidades do campo com as pessoas dos grandes centros. Para mim foi muito satisfatório, tivemos boas vendas e esperamos que surjam outras oportunidades como essa”, relata.

A professora feirense, Araci Santana aproveitou a oportunidade para levar biscoitinhos de goma e bolo para casa e aponta a importância do apoio à agricultura familiar e à economia popular solidária. “Acho muito necessária essa valorização do pessoal do campo pois cada vez mais vai mostrando como é importante as pessoas consumirem produtos naturais e valorizarem a agricultura familiar. Muito linda a feira e a iniciativa. Parabéns!”, acrescenta.

Secretária executiva na Cáritas Arquidiocesana de Feira de Santana e coordenadora na Rede Balaio de Solidariedade, Maria Anunciação avalia de forma positiva a realização do evento. “Como primeira feira regional foi um sucesso, todos os empreendimentos tiveram boas vendas e contaram com o apoio da comunidade feirense. É muito importante seguirmos realizando eventos como esse pois há uma integração entre os empreendimentos e é um momento de nos encontrarmos para trocar conhecimentos, comprar uns dos outros e fortalecer nossa rede”, conclui.

Com financiamento da Misereor e apoio da Cáritas Alemã, a feira agregou um público diverso ao longo dos três dias, incluindo personalidades como o Arcebispo Metropolitano de Feira de Santana, Dom Zanoni e outros religiosos e lideranças comunitárias que prestigiaram o evento.

Rede Balaio de Solidariedade

Criada em 2019, a Rede Balaio de Solidariedade agrega mais de 50 empreendimentos econômicos solidários da Bahia e Sergipe e vem somando esforços na comercialização e aquisição de insumos, além de contribuir para o fortalecimento de mulheres que atuam em coletivo gerando renda para o sustento de suas famílias. Em Feira de Santana, a loja da Rede fica na rua Castro Alves, Centro. Banzaê e Rui Barbosa também possuem lojas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121932 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.