Espetáculo ‘O Salto’, de Ninha Almeida, concorre ao 28º Prêmio Braskem de Teatro na categoria ‘Revelação’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
“Eu sentia que esse prêmio era bem distante da minha realidade e da realidade de muitos fazedores de teatro do interior da Bahia”, disse Ninha.
“Eu sentia que esse prêmio era bem distante da minha realidade e da realidade de muitos fazedores de teatro do interior da Bahia”, disse Ninha.

A aramista, performer e atriz Ninha Almeida concorre ao principal prêmio de teatro da Bahia pelo espetáculo “O Salto”, com direção de Lucas Mariani. Na categoria em que ela concorre, Ninha é a única mulher e artista do interior. A festa de premiação acontece no próximo dia 18 de maio de 2022, no teatro Castro Alves, em Salvador e será transmitida pelo canal do Youtube do Prêmio Braskem de Teatro.

A tradicional premiação das artes cênicas avaliou as peças online inéditas produzidas por grupos baianos entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021, abrindo, assim, a oportunidade para que espetáculos fora da capital, como “O Salto”, também fossem avaliados remotamente.

“O Salto” estreou no picadeiro do Circo do Vale do Capão em 2019, antes da pandemia. No ano seguinte, ganhou uma versão audiovisual, também dirigida por Lucas Mariani – que, além de diretor, é ator, músico, professor de teatro e formado em Artes Cênicas na Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2007.

Ninha ser indicada ao Braskem é de uma alegria impactante. “Eu sentia que esse prêmio era bem distante da minha realidade e da realidade de muitos fazedores de teatro do interior do estado e, principalmente, da zona rural da Bahia. São muitos anos de dedicação à cena. Ser indicada me trouxe um sentimento de gratidão e reafirmação no meu propósito na arte” afirma a artista.

 “O Salto” – Triplamente premiado no ano passado [“Prêmio Quali Cult” (2021), “FUNARTE – Estímulo ao Circo” (2021) e “Festival de Teatro Solos da Bahia” (2021)].

É uma encenação autobiográfica livremente inspirada no Vale do Capão, Chapada Diamantina, cenário da infância de Ninha, despertando memórias suas de uma vida simples e rural. A peça usa elementos de outras artes para as composições cênicas, estabelecendo interação com a música, teatro, dança e tendo como técnica circense principal o equilíbrio em arame. Temáticas como empoderamento feminino e a questão dos resíduos (lixo) são abordadas tornando a temática atemporal.

Este solo foi criado após a artista ter passado por uma especialização na Escola de circo L’Academie Fratelinni, em Paris, França, financiada pela Secult-Ba através do Edital Mobilidade Artística 2019.

A trilha sonora do espetáculo é composta pelo diretor musical Ari Vinícius, músico residente no Vale do Capão e ainda conta com participações especiais dos músicos Rowney Scott, Ivan Sacerdote, Cassio Nobre, Rodrigo Sestrem, Estevam Dantas, Arian Pinho, Maurício Sprovieri, Tiago Gusmão e Thiago Riedel.

Sobre a artista – Ninha Almeida, nascida e criada no Vale do Capão, foi formada e educada no Circo do Capão. Foi através da arte que a artista encontrou a forma de se mostrar, de se expressar e de abrir para o mundo. “O que me move no picadeiro é o improviso da técnica com uma música aprazível ao meu corpo” explica Ninha.

A performer passou por cursos com artistas conceituados da França como Isabelle Brisset, Agniès, Sacha Doubrovski e Sanja Konsonem. Atualmente, seu orientador é Jean Paul Galinski. Além disso, participou da 3ª Cinvenção de Fio na França, com a conceituada Companhia Le Colporteurs. Na Chapada Diamantina, participou de variados projetos, ganhando atual destaque à frente do espetáculo autobiográfico “O Salto”. Além do picadeiro, Ninha oferece formação continuada de artes circenses para crianças e jovens.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121740 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.