Eleições 2022: Em Minas Gerais, Lula fortalece movimento ‘Vamos Juntos pelo Brasil’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
A agenda de Lula começou com uma visita a Belo Horizonte, onde ocorreu um ato que reuniu os presidentes estaduais de todos os partidos que integram o Vamos Juntos pelo Brasil.
A agenda de Lula começou com uma visita a Belo Horizonte, onde ocorreu um ato que reuniu os presidentes estaduais de todos os partidos que integram o Vamos Juntos pelo Brasil.

A viagem que Lula realizou por Minas Gerais, entre os últimos dias 9 e 11 de maio de 2022, serviu tanto para que o ex-presidente pudesse agradecer o apoio que sempre recebeu da população mineira quanto para começar a consolidar, em todo o país, o movimento Vamos Juntos pelo Brasil, que ele e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin lançaram no sábado passado (7).

Como disse a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, que acompanhou Lula na agenda, Minas era o lugar ideal para dar continuidade ao movimento, uma vez que o estado, nas palavras de Darcy Ribeiro, é uma espécie de síntese do país.

A agenda de Lula começou com uma visita a Belo Horizonte, onde ocorreu um ato que reuniu os presidentes estaduais de todos os partidos que integram o Vamos Juntos pelo Brasil: PT, PSB, PCdoB, PV, Rede, PSol e Solidariedade.

“É a primeira vez que recebo apoio de todas as centrais sindicais e de todos os partidos progressistas de esquerda em Minas Gerais e no Brasil. Algo novo está acontecendo no nosso país”, disse Lula.

Ainda em BH, Lula fez um emocionante discurso, no qual garantiu: “Minha causa é a gente libertar o povo brasileiro do sofrimento”. “Eu disse que não quero ser candidato apenas do PT, apenas dos partidos aliados. Eu quero ser candidato de um movimento das pessoas que amam, que gostam de paz, que têm civilidade, que choraram por seus parentes que morreram na pandemia, das pessoas que ficaram desempregadas, dos 19 milhões que estão passando fome, dos 116 milhões que têm algum problema de insegurança alimentar, dos milhões e milhões de brasileiros que saem para procurar emprego todo dia e voltam para casa sem, dos milhões de brasileiros que trabalham por aplicativo sem ter férias, sem ter seguridade social, sem ter descanso remunerado”, disse.

Da capital, Lula seguiu para Contagem, governado pela prefeita Márcia Campos (PT). Na cidade, que é um importante polo industrial do estado, o ex-presidente denunciou a desindustrialização do país e disse que só um Estado fortalecido será capaz de reativar a indústria nacional. “O Brasil já chegou a ter 30% do seu PIB extraído da sua produção industrial. Caiu para 11%”, lembrou.

Defesa das universidades e das estatais

A visita terminou em Juiz de Fora, governada pela prefeita Margarida Salomão (PT). Ali, Lula recebeu de reitores da universidade federal propostas para melhorar a educação do país e se comprometeu a, caso seja eleito, aumentar os recursos para ciência e tecnologia no país.

Também criticou o Teto de Gastos e avisou aos reitores que precisará de ajuda para elaborar um plano de desenvolvimento nacional que identifique novas áreas do conhecimento que gerem emprego para os jovens.

À noite, discursou para milhares de pessoas e fez uma defesa das empresas públicas brasileiras. “Eu quero dizer ao governo brasileiro e aos empresários: parem de tentar privatizar as nossas empresas públicas. Quem se meter a comprar a Petrobrás vai ter que conversar conosco após a eleição”, afirmou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.