CNJ realiza inspeção no TJBA e primeiro grau do PJBA; Processos com mais de 100 dias de paralisação e expedientes protelatórios são alvos

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Corregedora Nacional de Justiça Maria Thereza de Assis Moura, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Corregedora Nacional de Justiça Maria Thereza de Assis Moura, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A corregedora nacional de Justiça Maria Thereza de Assis Moura, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou inspeção no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) e no primeiro grau do Poder Judiciário Estadual da Bahia (PJBA) com a finalidade de verificar, dentre outras situações, ocorrência de processos judiciais com mais de 100 dias paralisados e uso de despachos com a finalidade de dissuadir o sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) da verificação de ocorrência da efetiva produtividade de desembargadores e magistrados. A inspeção acontece entre os dias 16 e 20 maio de 2022.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10032 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).