15 anos da UNITAID: ONU realça impacto de agência envolvendo Brasil e Portugal

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Pelo menos 100 milhões de pessoas já se beneficiaram de investimentos para combater tuberculose, HIV, malária e Covid-19.
Pelo menos 100 milhões de pessoas já se beneficiaram de investimentos para combater tuberculose, HIV, malária e Covid-19.

Os 15 anos da Agência de Saúde Global, UNITAID, reuniram personalidades como o secretário-geral da ONU, António Guterres, e o ex-presidente americano, Bill Clinton. O evento foi realizado em Genebra na Conferência Mundial da Saúde.

A iniciativa foi apresentada em 2006 pelo grupo formado por Brasil, Chile, França, Noruega e Reino Unido. Aos principais doadores, se juntaram Portugal, Canadá, Alemanha e Itália.

Tratamentos

O diretor de relações exteriores da UNITAID, o brasileiro Maurício Cysne, citou dezenas de projetos implementados que já beneficiaram milhões de pessoas pelo mundo. Ele falou à ONU News sobre a comemoração.

“Nos últimos 15 anos, a Unitaid promoveu o acesso a mais de 150 tecnologias de saúde favorecendo o atendimento a mais de 100 milhões de pessoas através do mundo. Alguns exemplos dessas inovações incluem os tratamentos de HIV mais utilizados no mundo inteiro e os primeiros medicamentos para tratamento de crianças com HIV e tuberculose. Incluem ainda há soluções de rastreio e tratamento para o câncer do colo do útero e todas as ferramentas atualmente utilizadas na prevenção da malária.”

Em meio à crise da Covid-19, uma das apostas da Unitaid é aprender do passado para evitar desigualdades na resposta a pandemias futuras.

Cysne mencionou como o desempenho atual é orientado a obter retornos aplicando uma fração dos investimentos.

“A Unitaid financia esse pacto identificando produtos de saúde inovadores e eliminando as barreiras que limitam seu uso em larga escala. A Unitaid também assumiu um papel fundamental na resposta Covid-19, liderando os espaços globais para tratamentos e diagnósticos. Essas inovações em saúde, representando menos de 1% de investimento global para Tuberculose, HIV e malária, fazem com que a Unitaid economize mais de US$ 5 bilhões até 2030.”

Malária

Já a mensagem do secretário-geral destaca as conquistas alcançadas pelas parcerias fechadas pela Unitaid na saúde global na resposta a diferentes desafios.

António Guterres disse que foi essencial quebrar barreiras em países de baixa e média rendas, enquanto se ampliam serviços e produtos para garantir saúde para todos e cumprir a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Entre os benefícios listados estão o acesso de pacientes africanos a melhores tratamentos de HIV e novas fórmulas de alta qualidade para tratar tuberculose com maior facilidade para administrar.

De acordo com o chefe da ONU, o combate à malária ganhou com a distribuição sazonal de medicamentos em larga escala. O resultado foi uma queda drástica de mortes infantis, sem aumento de custos.

Ameaças

Diante da Covid-19, Guterres disse que e é preciso um acesso equitativo a produtos e respostas de saúde “globais fortes e coordenadas”.

Ele ressaltou que a poupança de tempo quando se trata de prevenir, diagnosticar e tratar doenças ajuda a fortalecer a capacidade coletiva de responder às ameaças à saúde.

A Unitaid faz parte do Acelerador de Acesso a Ferramentas contra a Covid-19.

*Com informações da ONU News.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123025 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.