Salvador: Desembargador do TJBA Baltazar Miranda Saraiva parabeniza direção do PJBA pela realização do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Destacados magistrados e juristas e pesquisadores participaram do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’.
Destacados magistrados e juristas e pesquisadores participaram do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’.

Em Moção de Aplausos, o desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) Baltazar Miranda Saraiva, presidente da Comissão de Segurança da Corte estadual, parabenizou o desembargador Nilson Castelo Branco, presidente do Poder Judiciário da Bahia (PJBA), pela realização do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina E Caribe’.

O magistrado destacou, também, o elevado nível dos debates e a presença do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Kassio Nunes Marques e do ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), dentre outras personalidades.

O evento foi sediado na sede do TJBA, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, ocorreu nos dias nos 11 e 12 de abril de 2022 e reuniu membros do Poder Judiciário do Brasil, juristas e pesquisadores em segurança pública, além de representantes dos Poderes Executivo e Legislativo. 

Confira ‘Moção de Aplausos’

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva parabenizou a presidência pela organização e realização do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina E Caribe’, ocorrido nos dias 11 e 12 de abril de 2022, no auditório desembargadora Olny Silva, localizado no Edifício Sede deste Tribunal. No ensejo, propôs uma Moção de Aplausos – que foi aprovada à unanimidade – dirigida a todos os expositores e participantes evento, sendo eles os seguintes: o desembargador Nilson Castelo Branco, Presidente do TJBA; Humberto Martins, Ministro Presidente do STJ; Kassio Nunes Marques, Ministro do Supremo Tribunal Federal do Brasil; Joel Ilan Paciornik, Ministro do Superior Tribunal de Justiça do Brasil; Thomas Stelzer, Embaixador Plenipotenciário da Áustria; João Genésio de Almeida Filho, Embaixador Representante Alterno da Missão Permanente do Brasil; Douglas Durán Chavarría, Diretor do ILANUD; Eugenio Raúl Zaffaroni, Diretor do ILANUD; Edmundo Oliveira, Professor Coordenador Geral do COPLAD; Geder Luiz Rocha Gomes, desembargador do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia; Charles Saba, Chefe do Grupo de Instrutores de Polícia nos Estados Unidos (USPIT); Olmedo Arrocha Osorio, Magistrado Vice-Presidente da Supra Corte de Justiça do Panamá; Marco Anthony Villas Boas, Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins; Jackeline Patricia Céspedes Arteaga, Doutora em Direito da União Européia, Professora da Universidade Paris 1 Panthéon – Sorbonne; Gustavo Garcia Brito, Magistrado Presidente do Tribunal de Justiça da Comunidade Andina – formado por Bolívia, Colômbia, Ecuador e Perú; Cristina Tereza Gaulia, Desembargadora Diretora-Geral da Escola da Magistratura do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro; Maria De Lourdes Pinho Medauar, desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia; Tracy Reinaldet, Membro Representante no Brasil do Comitê Permanente da América Latina para a Prevenção do Crime (COPLAD); Demetrius Macei, Professor de Direito Tributário do Centro Universitário de Curitiba, Estado do Paraná, Brasil; Eugenio Raúl Zaffaroni, Professor Emérito de Direito Penal da Universidade de Buenos Aires, Argentina; Cecilia Pérez Rivas, Ministra da Justiça do Paraguay; Rafson Saraiva Ximenes, Defensor Público Geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia; Luiz Lázaro de Magalhães Filho, Diretor da Escola Germinare em São Paulo – Brasil; Matias Bailone, Secretário Letrado da Suprema Corte de Justiça da Argentina; Andremara dos Santos, Juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia; Digna Milagros Atencio, Pesquisadora do Inst. de Estudo e Invest. Jurídica da Nicarágua, e Membro da Rede Ibero – Americana de Política Criminal; Antônio Alberto Faiçal Júnior, Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia e; Alex Valle Franco, Professor – Representante do Equador – Secretário-Geral do Comitê Permanente da América Latina para a prevenção do Crime (COPLAD) – Programa do ILANUD – Professor titular de Direito Internacional do Instituto de Altos Estudos Nacionais do Equador.

As desembargadoras do TJBA Cristina Tereza Gaulia e Joanice Guimarães, o embaixador João Genesio de Almeida Filho, o desembargador Baltazar Miranda Saraiva, a desembargadora Maria de Lourdes Medauar, e o desembargador Geder Gomes e desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins Marco Anthony Vilas Boas participaram dos debates que ocorreram durante o do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’.
As desembargadoras do TJBA Cristina Tereza Gaulia e Joanice Guimarães, o embaixador João Genesio de Almeida Filho, o desembargador Baltazar Miranda Saraiva, a desembargadora Maria de Lourdes Medauar, e o desembargador Geder Gomes e desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins Marco Anthony Vilas Boas participaram dos debates que ocorreram durante o do ‘Fórum sobre Segurança e Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10110 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).