Salvador: CEPAIA recebe moção de solidariedade na ALBA contra retirada da sede do Santo Antônio Além do Carmo

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
ALBA recebeu moção de solidariedade pela permanência do CEPAIA no prédio atual no Santo Antônio Além do Carmo (n°4), no Pelourinho.
ALBA recebeu moção de solidariedade pela permanência do CEPAIA no prédio atual no Santo Antônio Além do Carmo (n°4), no Pelourinho.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) recebeu moção de solidariedade pela permanência do Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos, (CEPAIA) no prédio atual no Santo Antônio Além do Carmo (n°4), no Pelourinho, em Salvador. “Espaço em favor da educação e pela proteção à memória, sendo um dos poucos espaços dedicados à pesquisa dos povos Afrodescendentes e Originários, em Salvador. Repudiamos que o espaço está subutilizado. É incorreto o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia (IPAC) solicitar por meio de ofício a posse do imóvel e a retirada do órgão ligado à Universidade Estadual da Bahia (UNEB), desconsiderando a importância de centros e instituições que promovem diariamente a construção de discussões, debates e ações voltadas para resistir ao racismo institucional e estrutural na sociedade”, afirma Hilton Coelho.

O parlamentar considera “um verdadeiro desrespeito não só com os movimentos, coletivos e pessoas que ali frequentam e constroem há anos eventos educacionais e culturais, seminário, palestras, projetos de pesquisas e de especialização como os Programas de Pós-Graduação em Estudos Africanos, Povos Indígenas e Culturas Negras (PPGEAFIN), que contribuem para o resgate da identidade e o fortalecimento do povo preto e indígena”.

Hilton Coelho finaliza afirmando que “retirar o CEPAIA, para nós, entra, portanto, dentro da questão de racismo estrutural e a gentrificação dos espaços e territórios. É um ataque à educação, especialmente à educação pública gratuita inclusiva e que se volta à reparação histórica dos processos de exclusão. Nesse sentido, encampamos a luta ‘FICA CEPAIA’ na sede atual, localizada no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, em defesa da educação e contra o apagamento histórico dos povos originários e da negritude. Que os ataques ao CEPAIA cessem de forma imediata”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123161 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.