Professores da UESB, UESC, UNEB e UEFS agendam paralisação das atividades; Categoria pressiona por aumentos salariais; Protesto ocorre em Salvador

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Cartaz anuncia paralisação das atividades dos professores das quatro Universidades Estaduais da Bahia, em protesto por aumento salarial.
Cartaz anuncia paralisação das atividades dos professores das quatro Universidades Estaduais da Bahia, em protesto por aumento salarial.

Professores das quatro Universidades Estaduais da Bahia (UESB, UESC, UNEB, UEFS) vão suspender as atividades nesta quarta-feira (27/04/2022) e promover protesto em Salvador, com a finalidade de reivindicar aumento salarial.

Um café da manhã será realizado a partir das 7 horas, da manhã quarta-feira (27), em frente aos portões da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em Salvador e, na sequência, foi programado para às 14 horas um ato público na Praça da Piedade.

Reajustes

Em janeiro, o Estado da Bahia autorizou um aumento de 4% aos servidores públicos, além de um aumento de R$ 100 a R$ 300 aos professores das Universidades Estaduais, conforme a carga horária de trabalho. Mesmo somados, os ganhos variam entre 7% e 9%, “percentual muito abaixo da inflação acumulada do período, cerca de 50%. Além de insuficiente, o reajuste por carga horária também fere a estrutura da carreira, conforme o Estatuto do Magistério Superior (lei 8.352/02)”, diz a organização do protesto.

O presidente da Associação dos Docentes da UESB (ADUSB), Alexandre Galvão, considera a situação inconcebível, pois “professores de Universidades Estaduais de norte a sul do Brasil receberam reajuste igual ou superior à inflação do ano passado, o que não aconteceu conosco. O alto preço dos alimentos, dos combustíveis e o aumento da inflação de modo geral, também afeta os professores da UESB. Perdemos nosso poder de compra praticamente pela metade nos últimos sete anos”.

Salário elevados

Os salários de professores das universidades estaduais da Bahia varia de R$ 6 mil a R$ 17, 37 mil, segundo site Glassdoor.

Segundo o portal Vagas.com.br, no Brasil, o salário de um professor universitário varia entre R$ 3.123 e R$ 7.000. O nível de experiência de ensino, o tempo de atuação no mercado de trabalho e a titulação (graduado, especialista, mestre, doutor) são fatores que fazem a diferença na remuneração.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121775 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.