Investimentos da Embasa em serviços de água e esgoto batem recorde em 2021 

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Embasa investiu cerca de R$ 900 milhões na ampliação e melhoria da infraestrutura nos municípios onde atua.
Embasa investiu cerca de R$ 900 milhões na ampliação e melhoria da infraestrutura nos municípios onde atua.

Em um ano marcado pelas dificuldades impostas pela crise sanitária gerada pela pandemia de Covid-19, que atravessou o seu momento mais crítico no primeiro semestre de 2021, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), superou os desafios e investiu o maior volume de recursos financeiros de sua história. Ao todo, foram cerca de R$ 900 milhões aplicados na ampliação e melhoria da infraestrutura, o que possibilitou o incremento de mais de 103 mil ligações de água e 62 mil ligações de esgoto no estado. Essas informações estão disponíveis no Relatório de Administração e Demonstrações Financeiras divulgado neste sábado (23/04/2022).

“A Embasa credita seu bom desempenho empresarial à competência técnica e ao elevado grau de comprometimento dos seus colaboradores e parceiros, conduta essencial para que os compromissos assumidos pela empresa perante a sociedade sejam alcançados. A busca pela excelência, pela melhoria contínua, fortemente incorporada à cultura da empresa, mitiga os riscos, atenuando crises potenciais. A mudança de comportamento, em um processo de adaptação contínua para ajuste às alterações de cenário, estimula a incorporação de inovações nos processos, somando novas experiências na expertise adquirida ao longo dos seus mais de 50 anos”, explica o presidente da Embasa, Rogério Cedraz.

Atual coordenadora e principal executora das ações do Programa Água para Todos (PAT), do Governo da Bahia, a Embasa destinou R$ 575 milhões, o equivalente a 64% do total investido em 2021, a ações voltadas à universalização do acesso à água tratada e à melhoria na prestação do abastecimento de água, aliadas ao uso sustentável dos recursos hídricos. No ano passado, a meta do número de ligações de água implantadas pela empresa foi superada em 15,21%.

Entre os destaques, estão as ampliações da primeira etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Amélia Rodrigues, no valor de R$ 56,29 milhões, beneficiando mais de 92 mil pessoas; do SIAA Machadinho Sul, em Camaçari (R$ 25,51 milhões), com 93 mil pessoas beneficiadas; e da primeira etapa do SIAA Recôncavo (R$ 18,63 milhões), beneficiando cerca de 277 mil pessoas. Também merecem destaque a ampliação e melhoria do sistema R7 Cabula, em Salvador (R$ 13,24 milhões), a ampliação do SIAA de Feira de Santana – Setor Leste (R$ 30,17 milhões) e a integração do sistema de abastecimento de água de Maragogipe ao SIAA de Muritiba, no valor de R$ 4,8 milhões.

Esgotamento sanitário

Para ampliar a cobertura do serviço de coleta e tratamento de esgoto nos municípios baianos, a Embasa investiu cerca de R$ 296 milhões (33% do total investido) para ampliação de sistemas de esgotamento sanitário, além de modernização da infraestrutura e melhoria dos processos visando à satisfação dos clientes e preservação do meio ambiente. As ligações de esgoto cresceram 37,96% em relação ao executado no ano anterior.

Entre os destaques, estão as ampliações dos SES de Santo Amaro – 1ª etapa (R$ 7,9 milhões) e de Luís Eduardo Magalhães (R$ 7,2 milhões); as ações de adensamento em São Francisco do Conde, Madre de Deus e Candeias (R$ 4,6 milhões) e melhorias na estação de tratamento do SES de Jequié (R$ 3,6 milhões), entre outros.

Crescimento  

Mesmo diante dos reflexos da crise pandêmica, a Embasa fechou o ano com uma Margem EBITDA de 21%. Mais um importante avanço foi o crescimento significativo do resultado líquido da companhia, que passou de R$ 242,9 milhões, em 2020, para R$ 386,3 milhões em 2021, demonstrando uma variação de 59%. “A Embasa se mostrou firme no cumprimento de sua missão institucional, conseguindo obter resultados relevantes, crescendo de forma positiva, equilibrada e sustentável”, ressalta Cedraz. “O setor de saneamento está inaugurando uma nova era de desafios, muitos dos quais ainda desconhecidos. Para permanecer competitiva, a empresa terá que propor novas soluções, atuar em novas áreas e em novos territórios. A Embasa e seus colaboradores se sentem confiantes para enfrentar esse futuro próximo”.

A Embasa atende 366 dos 417 municípios baianos com serviço de abastecimento de água e 112 cidades com esgotamento sanitário. De acordo com os dados de atendimento de água e esgotamento sanitário a serem publicados no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) do ano base 2021, que podem sofrer revisão, 78,93% da população dos municípios atendidos possuem abastecimento de água e 37,33% têm serviços de esgotamento sanitário. Quando analisado especificamente, o índice de atendimento urbano com água é 98,29% e, com coleta e tratamento de esgoto, é 50,11%.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123110 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.