Eleições 2022: Presidente Jair Bolsonaro é entrevistado por equipe de TV Aratu; Encontro resultou em crítica à ACM Neto

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Em entrevista a Pablo Reis, o presidente Jair Bolsonaro (PL) contesta ex-governador João Doria (PSDB), critica ACM Neto (UB) e o STF, fala ainda da Amazônia, Lei Rouanet, preço do gás, Covid-19 e outros temas; trechos vão ser exibidos na programação da TV Aratu.Em entrevista a Pablo Reis, o presidente Jair Bolsonaro (PL) contesta ex-governador João Doria (PSDB), critica ACM Neto (UB) e o STF, fala ainda da Amazônia, Lei Rouanet, preço do gás, Covid-19 e outros temas; trechos vão ser exibidos na programação da TV Aratu.
Em entrevista a Pablo Reis, o presidente Jair Bolsonaro (PL) contesta ex-governador João Doria (PSDB), critica ACM Neto (UB) e o STF, fala ainda da Amazônia, Lei Rouanet, preço do gás, Covid-19 e outros temas; trechos vão ser exibidos na programação da TV Aratu.

A equipe de reportagem da TV Aratu, liderada por Pablo Reis, foi recebida pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta terça-feira (12/04/2022), para uma entrevista presencial, no Palácio do Planalto, em Brasília. Nesta conversa, Bolsonaro, candidato à reeleição para presidência do país, rebateu o ex-governador de São Paulo, que deu nota zero à gestão dele frente ao Palácio do Planalto, classificando a popularidade de Doria em seu estado como “ridícula”.

“O que eu fiz para ajudar a população, ele fez o contrário. Ele tomou as medidas mais restritivas do Brasil. Percentualmente, as mortes em São Paulo foram lá para a frente. Sinal que as medidas que ele tomou em São Paulo não deram certo. Ele fez um trabalho que a população não reconhece. Nas pesquisas de opinião é uma coisa ridícula”, afirmou, na entrevista ao jornalista Pablo Reis, apresentador da Cidade Aratu, Liga da Madrugada e do programa político Linha de Frente, todos na TV Aratu.

O chefe de Estado ainda ironizou a ida de Doria para a Bahia, local escolhido para iniciar suas atividades de campanha. O pré-candidato do PSDB à presidência da República, após Salvador, visitou a cidade de Rio de Contas, onde o pai dele, José Agripino Doria, foi criado. “Ele esteve lá esses dias na cidade em que o pai dele nasceu e não tinha ninguém para recebê-lo”, cutucou.

A entrevista, de quase uma hora, rendeu ainda afirmações do presidente sobre o apoio a João Roma para o Governo da Bahia e críticas que recebe de ACM Neto. Sem citar nomes, ele falou ainda que tem cantoras baianas que o atacam porque mudou a forma de financiamento da Lei Rouanet, calo também, segundo o presidente, para a Rede Globo que deve prestações de contas.

Para saber o que ele também falou sobre a Amazônia, o Supremo Tribunal Federal, tratamento precoce contra Covid e outros assuntos, os trechos da entrevista vão ser exibidos na programação da TV Aratu, ao longo desta semana. A partir desta quarta-feira (13), o conteúdo já vai estar na íntegra no canal Linha de Frente, no YouTube, e no AratuON. Acesso em: https://aratuon.com.br/linha-de-frente

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10033 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).