Sessão Especial marca o ‘Dia Internacional de Luta Das Mulheres’ na Câmara Municipal de Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Atividade teve como objetivo dar visibilidade às lutas das mulheres feirenses, sobretudo as negras e periféricas.
Atividade teve como objetivo dar visibilidade às lutas das mulheres feirenses, sobretudo as negras e periféricas.

Uma Sessão Especial com o tema “Março de luta pela vida das mulheres”, proposta pelo vereador Jhonatas Monteiro (PSOL) e pelo Núcleo de Mulheres do PSOL de Feira de Santana, foi realizada na Câmara Municipal no último dia 8 de março, data em que se celebra o Dia Internacional de Luta das Mulheres. A atividade teve como objetivo dar visibilidade às lutas das mulheres feirenses, sobretudo as negras e periféricas. Mulheres pertencentes a movimentos sociais e organizações do campo e da cidade, que haviam realizado uma manifestação nas ruas do centro de Feira de Santana no começo da manhã, se dirigiram até a Câmara Municipal para participar da solenidade e lotaram a galeria, onde permaneceram com faixas e cartazes, apresentando suas pautas e reivindicações.

Vânia Moraes, professora da Educação Básica em Feira de Santana e doutoranda em Educação pela UFBA, fez a principal fala do evento. Ela tratou da importância do 8 de março para a luta das mulheres trabalhadoras e criticou o atual governo federal, sobretudo pelos retrocessos nas políticas públicas voltadas para as mulheres e para a população mais carente. Falando de forma específica sobre a realidade feirense, Vânia destacou os impactos na vida das mulheres da precarização de serviços públicos, como saúde e transporte, criticou a perseguição ao comércio popular de rua do município e também os problemas de estrutura e financiamento da Educação – ambas categorias compostas majoritariamente por mulheres.

Falando enquanto proponente da Sessão, o vereador Jhonatas Monteiro apresentou indicadores socioeconômicos e de violência que revelam a situação desigual em que as mulheres se encontram na sociedade brasileira, denunciou a violência política contra as mulheres e a falta de financiamento da Secretaria Municipal Extraordinária de Políticas para as Mulheres de Feira de Santana, que não dispõe de recursos para realizar suas ações. Também cobrou a aplicação da lei de creches de autoria do seu mandato e já em vigor, mas que vem sendo descumprida pelo governo municipal. Jhonatas destacou que a falta de creches impacta de forma significativa a vida das mulheres que são mães e que historicamente são desassistidas pelo Estado, e dificulta o acesso a outros direitos, como trabalho, estudo e lazer.

Durante a sessão, cada mandato teve a oportunidade de homenagear uma mulher, e a indicação do mandato do vereador Jhonatas Monteiro foi Jaqueline Fonseca, jovem liderança comunitária, vice-presidenta da Associação Cultural João Miúdo da Comunidade Quilombola Fazenda Candeal II. Segundo o vereador, a homenagem a Jaqueline é uma forma de homenagear todas as mulheres de Candeal II, e por extensão, todas as mulheres negras e da zona rural de Feira de Santana.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.