Prefeito Colbert Martins apresenta proposta de investimento na infraestrutura de Feira de Santana que pode provocar profundo impacto positivo na qualidade de vida da população e na economia da cidade; Conjunto de ações é estimado em cerca de R$ 200 milhões

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Anteprojeto de infraestrutura urbana de Feira de Santana é apresentada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB). Investimento é estimado em R$ 200 milhões.
Anteprojeto de infraestrutura urbana de Feira de Santana é apresentada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB). Investimento é estimado em R$ 200 milhões.

O prefeito Colbert Martins Filho (MDB) reuniu nesta terça-feira (29/03/2022), secretários municipais, vereadores e parte da imprensa de Feira de Santana no auditório do Parque do Saber para apresentar, em coletiva, um detalhado anteprojeto de modernização da infraestrutura urbana de Feira de Santana, cujo investimento é estimado em cerca de R$ 200 milhões.

Ao discorrer sobre a proposta de investimento, Colbert Filho destacou que os recursos financeiros serão obtidos por meio de empréstimos e que a gestão municipal necessita de aprovação por parte da Câmara Municipal para que os agentes financeiros credenciados pela União possam repassar recursos ao município.

“É uma proposta para a modernização de Feira de Santana. Não acredito que os vereadores vão ficar contra o interesse público ao vetar a possibilidade de a gestão municipal melhorar a estrutura urbana, a qualidade de vida da população e o ambiente de negócios da cidade”, afirmou o prefeito.

O anteprojeto de infraestrutura contempla a construção de viadutos, novas avenidas, ampliação e ou conclusão de algumas avenidas e ruas existentes, implantação de drenagem pluvial, ciclovias e calçadas, além da ampliação do Projeto Novo Centro para os bairros, fator que implica na requalificação da estrutura urbana com novas pavimentações, ciclovias e calçadas.

Colbert Filho explicou que serão avaliados os custos globais para o desenvolvimento de cada projeto e, com o empréstimo autorizado, serão elaborados os projetos específicos para cada fase de implantação.

O governante estimou entre três e cinco anos a conclusão dos investimentos e destacou que a população terá benefícios imediatos, à medida em que cada fase é concluída.

Aplicação do conceito de Mobilidade Urbana

Ao participar da coletiva, o jornalista e cientista social Carlos Augusto, diretor do Jornal Grande Bahia (JGB), lembrou que as intervenções propostas devem, obrigatoriamente, contemplar o conceito de Mobilidade Urbana, que envolve as calçadas, ciclovias e sistemas viários para trânsito de veículos de pequeno porte e do transporte público urbano.

“É necessário uma intervenção que contemple a ‘Mobilidade Urbana’ de forma articulada e complementar. É inaceitável que vias urbanas não sejam arborizadas e que as calçadas sejam estreitas. Em uma cidade plana, como Feira de Santana, não implantar ciclovias é retrocesso intelectual de quem elabora o planejamento urbano”, disse Carlo Augusto.

Outro aspecto abordado é sobre a implantação dos viadutos propostos, que devem ser construídos sobre o Anel de Contorno (Avenida Fróes da Mota). “A escolha pela implantação de viadutos, por parte do governo municipal, nos eixos das avenidas é um erro que se repete e que precisa ser corrigido”, concluiu o jornalista.

O vice-prefeito Fernando de Fabinho (UB) destacou que a preocupação do jornalista era legítima. Enquanto o prefeito Colbert Martins disse que as observações serão levadas em consideração, quando forem elaborados os projetos básicos e executivos.

O governante do município disse, também, que propostas de trabalho conjunto com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) estão sendo desenvolvidas e que elas objetivam a conclusão de sistemas de saneamento básico e implantação de novas redes de esgotamento sanitário em regiões de expansão urbana.

“A concessionária pública se comprometeu em realizar os investimentos necessários, em atendimento à demanda da Prefeitura de Feira de Santana”, disse Colbert Filho.

As propostas de investimento

A construção de dois novos viadutos — um ligando o Sobradinho ao Morada das Árvores e outro no conjunto Feira IX, na saída da rua Tomé de Souza —  está entre as ações de mobilidade e drenagem urbana que a Prefeitura de Feira de Santana pretende executar no município.

O chefe do Executivo Municipal pontuou ainda a pretensão da Prefeitura de Feira em recuperar a lagoa do Prato Raso, implantando redes de drenagem, bem como a construção da avenida Vale do Pojuca, ligando as avenidas Ayrton Sena e a Artêmia Pires, e a ampliação da avenida Ayrton Sena via Aeroporto.

Outras propostas são a ligação do bairro Tomba com a BR 324, construção de ciclovias nas avenidas Noide Cerqueira, Francisco Fraga Maia e Maria Quitéria, além da duplicação da Artêmia Pires e a construção de uma avenida para ligar a Ayrton Sena com o Aeroporto João Durval Carneiro.

Continuidade do Projeto Novo Centro

Também é intenção da Prefeitura realizar a drenagem e recuperação do entorno da Lagoa Grande, assim como implantar rede de drenagem nas bacias do Pojuca, Subaé e Jacuípe.

A 2ª etapa do projeto Novo Centro que vai contemplar a reforma das praças Fróes da Motta, da Matriz e a D. Pedro II, mais conhecida como Praça do Nordestino, também foi anunciada pelo prefeito como proposta a ser executada pela administração municipal.

“Feira já provou que tem condições em solicitar recurso emprestado. Nós temos capacidade para isso. Espero que a Câmara possa analisar e aprovar a autorização de empréstimo que é para o desenvolvimento do município”, afirmou Colbert Filho.

Baixe

Anteprojeto de infraestrutura urbana de Feira de Santana apresentada pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB), em 29 de março de 2022

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.