Mercenários estrangeiros na Ucrânia não terão status de prisioneiro de guerra, diz Ministério da Defesa da Rússia

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, alertou que todos os mercenários estrangeiros detidos na Ucrânia serão levados à justiça por acusações criminais.
O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, alertou que todos os mercenários estrangeiros detidos na Ucrânia serão levados à justiça por acusações criminais.

Nenhum dos mercenários que o Ocidente está enviando à Ucrânia para lutar pelo regime nacionalista terá o direito de combatente sob o direito internacional humanitário, disse nesta quinta-feira (03/03/2022) o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov.

“Desejo fazer uma declaração oficial de que nenhum dos mercenários que o Ocidente está enviando à Ucrânia para lutar pelo regime nacionalista de Kiev pode ser considerado combatente de acordo com o direito internacional humanitário ou gozar do status de prisioneiro de guerra”, salientou Konashenkov. .

Ele afirmou que todos os atos de sabotagem por mercenários na Ucrânia estavam sendo realizados com o uso de armas fornecidas pelo Ocidente. Konashenkov disse que mercenários estrangeiros estavam atacando militares russos e comboios de suprimentos e aeronaves de apoio.

“Nos vídeos divulgados pelos serviços secretos ucranianos para fins de propaganda, como imagens supostamente filmadas por civis locais, eles preferem não ficar na frente das câmeras”, disse Konashenkov.

Ele alertou que todos os mercenários estrangeiros, detidos na Ucrânia, seriam levados à justiça por acusações criminais.

“Na melhor das hipóteses, eles podem esperar ser processados ​​como criminosos. Estamos pedindo a todos os cidadãos estrangeiros que possam ter planos de ir e lutar pelo regime nacionalista de Kiev a pensar uma dúzia de vezes antes de seguir o caminho”, disse Konashenkov.

*Com informações da Agência TASS.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123215 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.