Justiça Eleitoral ratifica denúncia contra ex-governador Geraldo Alckmin por suspeita de doações ilegais

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido).
Ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido).

A Justiça Eleitoral de São Paulo ratificou, nesta quinta-feira (17/03/2022), a denúncia contra o ex-governador de São Paulos Geraldo Alckmin (sem partido), acusado de ter recebido R$ 11,3 milhões em doações ilegais da Odebrecht. A decisão é do juiz Emílio Migliano Neto, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo.

Alckmin é acusado pelo Ministério Público Eleitoral de ter cometido três crimes: falsidade ideológica eleitoral (caixa 2), corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, oferecida em junho de 2020, Alckmin teria recebido R$ 11,3 milhões em doações ilegais da construtora Odebrecht.

*Com informações da CNN Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121857 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.