Governo Biden fornece ‘enorme quantidade de inteligência’ à Ucrânia, diz diretora do setor dos EUA

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Com fornecimento de recursos financeiros, armas e dados de inteligência, presidente Joe Biden estimula guerra entre Rússia e Ucrânia.
Com fornecimento de recursos financeiros, armas e dados de inteligência, presidente Joe Biden estimula guerra entre Rússia e Ucrânia.

O Governo Zelensky estaria em contato direto com o serviço de inteligência dos Estados Unidos, segundo líder do setor. Ao mesmo tempo, após análises, a unidade chegou à conclusão de que transferir aviões entre Polônia e Ucrânia pode ser uma ação recebida com tensão pelo Governo Putin.

Os EUA estão fornecendo à Ucrânia uma enorme quantidade de inteligência em meio à operação militar especial da Rússia no país, disse o Escritório da Diretora de Inteligência Nacional (ODNI, na sigla em inglês), liderado por Avril Haines, nesta quinta-feira (10/03/2022).

“Estamos fornecendo uma enorme quantidade de inteligência”, afirmou Haines.

A diretora também pontuou que, após consulta com especialistas, foi identificado que Moscou pode perceber a transferência de caças para a Ucrânia como uma escalada significativa.

“É a avaliação de nossos analistas que a transferência desses aviões pode ser percebida como uma escalada significativa pelos russos.”

A conclusão de Haines vai ao encontro da resposta do porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, John Kirby, que disse ontem (9) que o governo Biden rejeitou uma proposta do governo polonês para permitir a transferência de antigos caças MiG-29 para a Ucrânia.

Na última sexta-feira (4), autoridades russas afirmaram que as agências de inteligência de Reino Unido, EUA, Canadá e vários outros Estados-membros da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) estão usando a Polônia como um centro logístico para enviar armas e mercenários para Kiev.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10099 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).