Ex-senador Walter Pinheiro e Paulo Guimarães podem assumir secretarias estaduais da Bahia; Cargos foram liberados com rompimento do PP com o Governo Rui Costa

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Walter Pinheiro atuou como deputado federal e senador pelo PT da Bahia. Ele foi, também, secretário estadual durante os Governos Wagner e Rui Costa.
Walter Pinheiro atuou como deputado federal e senador pelo PT da Bahia. Ele foi, também, secretário estadual durante os Governos Wagner e Rui Costa.

O ex-senador Walter Pinheiro (sem partido) pode voltar a comandar a Secretaria do Planejamento da Bahia, pasta que era ocupada pelo vice-governador João Leão (Partido Progressista, PP).

Outro nome cotado é o de Paulo Roberto Britto Guimarães. Ele pode assumir a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, pasta ocupada pelo deputado estadual licenciado Nelson Leal (PP). O político regressa ao mandato na Assembleia Legislativa, instituição que presidiu.

Outra secretaria estadual que deve passar por mudanças é a de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, ocupada pelo pepista Leonardo Góes.

As modificações no primeiro escalão do Governo Rui Costa ocorrem em função do rompimento do PP com a aliança estadual com o Partido dos Trabalhadores (PT) e da renúncia aos cargos que mantém no Governo Rui Costa.

Nesta segunda-feira (14/03/2022), o vice-governador João Leão anunciou oficialmente que o PP está fora da base aliada do Governo Rui Costa. Ele é a principal liderança da legenda e o movimento político é feito em um cálculo de oportunidade, na visão dos pepistas.

Oportunismo

Ao romperem com a liderança do PT, a decisão do PP da Bahia ocorre dentro do senso de oportunismo político e identidade com a direita e extrema-direita, uma vez que devem apoiar ACM Neto (União Brasil (UB)) para governador da Bahia, cujas pesquisas de opinião apontam liderança nas intenções de voto para as Eleições 2022.

É esperado para os próximos dias o anúncio de João Leão como candidato ao Senado Federal, em chapa majoritária liderada por ACM Neto.

PT lança candidato

Para as Eleições 2022, o PT confirmou apoio à reeleição de Otto Alencar para o Senado Federal e apresentou o nome do secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues (PT), como candidato ao governo da Bahia. 

Leia +

Eleições 2022: Prefeitos do PP manifestam descontentamento com executiva e dizem que ficam com o eleitorado que quer Lula, presidente e Jerônimo Rodrigues, governador

Eleições 2022: Governador Rui Costa comenta ruptura do PP com projeto estadual liderado pelo PT; “Nossa maior aliança é com o povo da Bahia”, diz

Eleições 2022: João Leão vai anunciar apoio à ACM Neto e pré-candidatura ao Senado, diz fonte

Eleições 2022: Pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues ao governo da Bahia é confirmada por aclamação; Vice-presidente do PT nacional reafirma apoio de Lula

Eleições 2022: Senador Jaques Wagner diz que PT terá candidato ao governo da Bahia e que Otto Alencar deve concorrer ao Senado; Jerônimo Rodrigues aparece como melhor nome

Eleições 2022: Mais 15 deputados migram para o PL em apoio à reeleição de Jair Bolsonaro; União Brasil tem redução de 16 parlamentares; Confira lista

Eleições 2022: União Brasil, PL, indefinição no PT e PP, federação com partidos de esquerda e centro-esquerda, falta de palanque para o presidente Jair Bolsonaro; Os fatos políticos sobre a disputa na Bahia e no Brasil

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10032 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).