Eleições 2022: Corrente ideológica do PT da Bahia defende pré-candidatura do senador Otto Alencar ao governo do estado

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Senadores do PSD Otto Alencar e Angelo Coronel ao lado do governador Rui Costa (PT). Aliança política entre PT e PSD pode apresentar mudança na composição da chapa majoritária que disputa as Eleições 2022.
Senadores do PSD Otto Alencar e Angelo Coronel ao lado do governador Rui Costa (PT). Aliança política entre PT e PSD pode apresentar mudança na composição da chapa majoritária que disputa as Eleições 2022.

Em nota enviada nesta quinta-feira (02/03/2022) ao Jornal Grande Bahia (JGB), a Corrente ideológica ‘PT de Todas as Lutas’ lançou manifesto ‘Por uma Bahia de Todas as Lutas, Derrotar o Fascismo e Defender a Democracia’, no qual defende a pré-candidatura do senador Otto Alencar (PSD) ao Governo da Bahia.

No contexto da aliança suprapartidária formada pelo PT, PSD e PP, o manifesto defende o nome do governador Rui Costa (PT) concorrendo ao Senado Federal e o apoio do vice-governador João Leão majoritária, com indicação do nome do candidato a vice-governador.

Confira nota ‘PT de Todas as Lutas sai na frente e lança nota de apoio à pré-candidatura de Otto’

A Coordenação Estadual do PT de Todas as Lutas na Bahia já deu o seu voto favorável à pré-candidatura do senador Otto Alencar ao Governo da Bahia. O anúncio foi feito por meio de Nota Pública na noite desta quarta-feira (02/03/2022), num texto de duas páginas sob o título “Por uma Bahia de Todas as Lutas: Derrotar o Fascismo e Defender a Democracia”.

Sob o argumento de que “a luta política não começa e nem se encerrará com as eleições de 2022”, o Coletivo reitera os elementos apresentados em nota divulgada no último dia 28 e a defesa de forma articulada e transparente do processo sucessório, tendo como líderes o senador Jaques Wagner e o governador Rui Costa.

“Temos agora uma nova fase de trabalho que consiste em apoiar a escuta, o debate, a organização e consolidação da frente democrática para garantir a aliança política democrática e continuidade do nosso projeto popular e democrático na Bahia tendo Lula, Otto, Wagner, Rui e Leão à frente dessa batalha. Estamos aqui para apoiar a construção de uma agenda programática que recupere os acúmulos teóricos e práticos produzidos nas experiências petistas dos movimentos sociais e dos governos, com destaque para as iniciativas de participação popular, de luta contra a precarização do trabalho e pela inclusão social com a necessária articulação das dimensões de gênero, raça, classe e do enfrentamento a todas as formas de opressão. Estamos aqui também para produzir a sustentação política e a mobilização social necessárias para elegermos Lula presidente, Otto governador e Rui Costa senador fazendo valer a nossa força partidária para derrotar o fascismo e para defender a democracia em nosso estado e em nosso país”, diz a Nota.

O PT de Todas as Lutas, corrente interna do Partido dos Trabalhadores, tem na Bahia o deputado estadual Jacó (PT) como um dos seus principais porta-vozes e, na militância, sindicalistas, representantes de movimentos sociais, lideranças negras, intelectuais, mulheres, quilombolas, agricultores, lgbts e outros segmentos.

Baixe

Manifesto: ‘Por uma Bahia de Todas as Lutas, Derrotar o Fascismo e Defender a Democracia’

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10031 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).