Defensor dos direitos humanos e da liberdade de expressão | Por Renato Di Paola

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Fábio Costa Pinto

Dentre todas as qualidades que o cercam, talvez a que mais fielmente traduza o perfil do jornalista Fábio Costa Pinto ao longo da sua trajetória profissional é certamente a luta incessante pela manutenção da liberdade de imprensa em nosso país.

Pelo direito inalienável do profissional da comunicação exercer o seu ofício sem sofrer repressão de qualquer natureza, quer seja física ou ideológica.

Não foi à toa que o criador do coletivo IBI — Inteligência Brasil Imprensa (ibi.ong.br), que reúne jornalistas, radialistas e comunicadores, dentre outros profissionais de imprensa, vem se notabilizando na busca de uma abordagem transparente e investigativa, primando sempre pela defesa dos direitos humanos e do exercício digno e livre da profissão.

Baiano de Salvador, Fábio milita há vários anos no seio da Associação Brasileira de Imprensa, procurando integrar a Bahia e o Nordeste do país ao jornalismo praticado no eixo Rio-São Paulo, Brasília e sul do Brasil.

Nos últimos anos, Fábio Costa Pinto vem denunciando e cobrando incessantemente das autoridades policiais e jurídicas a apuração e punição para diversos e repetidos crimes cometidos contra jornalistas, radialistas e profissionais da imprensa na Bahia, no exercício da profissão.

Seus artigos têm sido publicados em importantes sites e jornais da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Ceará e Amazonas.

Colunista (colaborador) do Brasil 247 e do Jornal Brasil Popular, fundador do Jornal Repórter, com 17 anos de circulação, e da Central da Comunicação, Fábio também foi criador e fundador do Jornal Madre Notícias, de Madre de Deus, importante município da Região Metropolitana de Salvador, e ãncora da Rádio Comunitária local, Madre FM.

Ele coleciona passagens por assessorias de comunicação como da ABAV-BA, ABIH-BA, além de campanhas políticas e assessorias em cinco municípios baianos.

Conselheiro por três mandatos, sendo dois efetivos e um como suplente, da Associação Brasileira de Imprensa — ABI, é também associado da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo — Abraji.

Provocador da audiência pública, junto a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Salvador, onde foi discutida a violência e ações de proteção aos profissionais de imprensa.

O evento contou com a participação da deputada federal Lídice da Mata (PSB), relatora das Fake News no Congresso Nacional, da presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Maria José. Também do presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Bahia (Sinjorba), Moacy Neves, da Associação Bahiana de Imprensa, Ernesto Marques, Artigo 19, UFBA, TV 247, representantes do Movimento Negro e de jornalistas (Sindicatos) do Rio de Janeiro e São Paulo, além da presidente vereadora Marta Rodrigues (PT) entre outros vereadores da comissão.

Fábio Costa Pinto foi responsável e idealizador pela promoção da comemoração do Dia do Jornalista na Bahia, em 2017, em parceria com o presidente da Associação Bahiana de Imprensa, Dr Walter Pinheiro, tendo na oportunidade homenageado 50 cronistas desportivos baianos.

Ano seguinte, em 2018, junto ao Clube do Rádio, tendo como presidente o radialista, Almir Santana, promoveu o 1.º EcomBahia em parceria com a Faculdade Estácio de Salvador e a feijoada no dia do repórter.

Costa Pinto é idealizador do projeto de Revitalização dos Jornais Impressos do interior baiano, tendo parceria com o SEBRAE, Associação Brasileira de Imprensa e amplo apoio da Assembleia Legislativa da Bahia, da bancada de deputados da base do governo do estado, em especial do Deputado Marcelino Galo (PT).

Onde a revitalização dos jornais impressos, projeto de amplitude nacional, que pretende dar continuidade, bem como retornar ao conselho da casa dos jornalistas com sede no Rio de Janeiro.

Incansável defensor das liberdades, Costa Pinto em seus artigos, vem cobrando das autoridades da Segurança Pública, resposta e punição dos culpados pelos assassinatos dos profissionais de imprensa na Bahia.

Provocou representação ao gabinete do Governador Rui Costa, da Bahia, apuração e prisão dos culpados.

Apresentou carta aberta a imprensa e as Comissões de Diretos Humanos, e da Justiça no legislativo baiano, denunciando e cobrando proteção, apuração aos crimes contras os profissionais de imprensa, pobres, negro e mulheres.

O Profissional Jornalista, turismólogo e especialista em ‘marketing’ político e comunicação estratégica, Fábio Costa Pinto nasceu em Salvador, na Bahia, em 23 de março de 1968. Filho do Magistrado José Mário Peixoto Costa Pinto (Juiz de Direito TJ-Ba) e da Artista Plástica Noelice Nascimento Costa Pinto (Professora da Escola de Belas Artes da UFBA).

Possui um vasto currículo educacional, tendo se tornado técnico em Marketing e Propaganda, pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) — Rio de Janeiro (1989), onde morou. Formado em Gestão de Negócios em Turismo, pela Faculdade de Turismo da Bahia (Factur), em Salvador — Bahia (2003) e posteriormente na UNIFASS, onde fez a graduação de Bacharel em Direito, (8.º semestre em curso).

Em seguida, fez pós-graduação MBA em Mídia e Comunicação Integrada na Faculdade de Tecnologia Empresarial — FTE/Uniredebahia e atualmente especialização em Jornalismo Investigativo em São Paulo.

Jornalista sindicalizado com registro profissional (Mtb 33.166/RJ), ABI (Brasileira) Mat. E2521, Sinjorba n.º 2421 / FENAJ, Fábio se tornou Repórter qualificado pelo Programa Pró-Qualite/Sinjorba na Facom/UFBA, em 2001.

Fábio trilhou carreira internacional, — trabalhando no Jornal “THE BRAZILIAN POST”, com atuação nos departamentos Comercial e de Distribuição, em Miami, Florida — Estados Unidos, (1995).

Foi ainda Secretário Interino de Cultura e Turismo (1997), Assessor de Comunicação e Imprensa (2005 a 2007), além de Assessor I — Ascom entre 2011 e 2013, no município de Madre de Deus.

Coordenador de Cultura e responsável pelo plano de turismo no município de Salinas da Margarida no Recôncavo baiano, Gerente Financeiro do Instituto de Rádiodifusão Educativa da Bahia — Irdeb, TVE e Rádio Educadora FM (2019 a 2020).

No mesmo ano, Fábio coordenou a comunicação estratégica, da Pré Campanha politica (2020) do Prefeito da Cidade de Paulo Afonso na região do São Francisco.

Rio de Janeiro, 3 de Março de 2022

*Renato Di Paola.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121694 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.