Banda de Boca lança novo álbum intitulado ‘No Breu’

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Lendas e rítmos afro brasileiros inspiram novo trabalho do grupo.
Lendas e rítmos afro brasileiros inspiram novo trabalho do grupo.

Quem acompanha a trajetória da Banda de Boca com certeza sentiu falta da performance vocal repleta de identidade sonora que enche palcos e espaços onde o grupo se apresenta. Criado em Salvador nos fins dos anos 1990, pelo maestro e arranjador Hiran Monteiro, a BB volta à cena fonográfica depois de um longo hiato, brindando o público com o álbum “No Breu”, um disco marcantemente autorial e comemorativo dos 20 anos de carreira da banda. A live de lançamento desse trabalho, que também mergulha nas influências que sempre demarcaram a inflexão musical do grupo, acontece dia 18 de março de 2022, às 20 horas, no canal do YouTube da banda e nas principais plataformas digitais de música, como a Spotify, Apple Music, Deezer e Tidal. O link para o pré-save já está disponível nas redes sociais da BB.

O maestro Hiran Monteiro antecipa que o universo rítmico da Bahia dá a tônica ao álbum. O samba de roda e os mais diversos ritmos afro ganham destaque nas novas canções. ” São os nossos sentimentos de raiz em buscas das batidas e sons das ruas”, reflete, acrescentando que além de composições próprias o disco traz também criações de músicos próximos da banda. O “No Breu” apresenta também outra novidade em algumas faixas: a “intrusão” de instrumentos musicais como violão e percussão. Vale lembrar que a Banda de Boca não usa instrumentos e se notabilizou por reproduzir com perfeição os sons de cordas, sopro, teclado, metais e percussão com a voz. Hiran assegura, porém, que o esmero com os arranjos e as harmonias rebuscadas permanecem carimbadas em todo o trabalho, a exemplo da refinada leitura do clássico de Villa-Lobos, Bachianas Brasileiras Nº 05.

Com aura de encantamento, lendas do folclore brasileiro também marcam presença no álbum. Um dos exemplos é a ritmada faixa O Curupira, além de O Saci, ambas de Hiran Monteiro. “Tanto os becos da cidade quanto os mistérios das matas são referências para as nossas composições, disse, contando que o processo de gravação começou antes da pandemia do Covid-19 e finalizou no final de 2021. “Essa reclusão improvisada nos possibilitou muitas experimentações e um zelo maior com cada nota, com cada acorde, com cada batida”, revelou.

Com distribuição da Tratore o álbum “No Breu”, gravado no Home Studio Banda de Boca e masterizado por Luiz Tornaghi, teve participações especiais dos cantores Neto Moura – ex-integrante da banda – Semírames Souza, Audrey Shakir e Lara Monteiro, autora da faixa A lara. Lincoln Marinho assina a arte visual da capa do disco. Com uma indicação ao Grammy Latino a Banda de Boca leva prêmios na bagagem e colaborações em discos de grandes nomes da MPB como Caetano Veloso, Carlinhos Brown e Daniela Mercury. “No Breu”, segundo Hiran Monteiro, é o trabalho que mais revela as inspirações e aspirações da banda.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122967 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.