Paulinha Abelha morre aos 43 anos em Aracaju; Artista atuava como cantora da banda Calcinha Preta

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Nota da Banda Calcinha Preta confirma morte da arista Paula de Menezes Nascimento Leca Viana (Paulinha Abelha), aos 43 anos.
Nota da Banda Calcinha Preta confirma morte da arista Paula de Menezes Nascimento Leca Viana (Paulinha Abelha), aos 43 anos.

Paula de Menezes Nascimento Leça Viana (Paulinha Abelha) morreu nesta quarta-feira (23/02/2022) em Aracaju, aos 43 anos de idade. Ele atuava como cantora da banda Calcinha Preta.

Com problemas renais, a artista estava em coma nível 3 na escala Glasgow e se encontrava internada na UTI do Hospital Primavera, desde o dia 17 de fevereiro, sob os cuidados das equipes médicas de terapia intensiva, neurologia e infectologia.

Comunicado do óbito

Em nota, a equipe de médicos do Hospital Primavera informou, “com pesar, que a cantora Paulinha Abelha faleceu hoje às 19:26 horas em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico”.

“Nas últimas 24 horas, ela apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, e associada a coma profundo. Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específicos”, conclui a nota.

Trajetória

Paulinha Abelha nasceu em 16 de agosto de 1978, em Simão Dias e iniciou a carreira artística aos 12 anos de idade, cantando em trios elétricos nas cidades do interior de Sergipe.

Durante três anos, investiu na carreira solo através da própria banda denominada ‘Flor de Mel’. Posteriormente, ingressou na banda Panela de Barro, onde permaneceu por mais três anos.

Na sequência, descoberta por Gilton Andrade, empresário e diretor da banda Calcinha Preta, Paulinha ganhou destaque como uma das principais vozes do grupo musical, permanecendo como cantora durante 12 anos. Neste período, participou da gravação de 22 álbuns e 3 DVD.

Em 2010, ela deixa a banda Calcinha Preta e passa a integrar o grupo GDO do Forró

Em agosto de 2010, Paulinha se desliga da banda GDO do Forró para dar início a um novo projeto, ao lado do seu então marido, o cantor Marlus Viana, ex-integrante da Calcinha Preta, formando a dupla ‘Paulinha & Marlus’.

Em 2014 o retorna a banda Calcinha Preta e em março de 2016, anunciou nova saída do grupo, dessa vez, junto com Silvânia Aquino.

Ao lado de Daniel Diau, também ex-Calcinha Preta, as cantoras deram início a um novo projeto denominado trio Gigantes do Brasil.

Em dezembro de 2016, com o fim da banda Gigantes do Brasil, Silvânia Aquino e Paulinha Abelha, se unem no projeto ‘Silvânia & Paulinha’.

Em 2018, Paulinha e Silvânia desistem do projeto retornam à banda Calcinha Preta.

Durante a carreira artística gravou grandes sucessos como: “Louca Por Ti”, “Baby Doll”, “Vou Te Dominar”, “Armadilha”, “24 horas de Amor”, “Abra o Meu Coração”, “Ainda Te Amo”, “Tutti-Frutti” entre outras.

Vida pessoal

Paulinha foi casada com o cantor Marlus Viana durante dez anos e, em 2015, eles anunciaram a separação.

Entre 2017 e 2022, Paulinha namorou o dançarino Clevinho Santos.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123104 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.