Nova CEASA de Feira de Santana é apresentada; Projeto tem previsão inicial de R$ 380 milhões em investimento e contempla 70 mil metros quadrados de área locável

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Projetada para ser edificado em área do Distrito de Humildes, nova CEASA de Feira de Santana é um investimento de caráter nacional, que consolida o município como um dos mais importantes entrepostos comerciais de alimentos do país.
Projetada para ser edificado em área do Distrito de Humildes, nova CEASA de Feira de Santana é um investimento de caráter nacional, que consolida o município como um dos mais importantes entrepostos comerciais de alimentos do país.

Projetado para ser uma das dez maiores do país, Feira de Santana vai ganhar moderna e funcional Central de Abastecimento (CEASA). O protocolo de intenções com a Trade Invest Holding foi assinado no Paço Municipal Maria Quitéria na manhã desta quinta-feira (10/02/2022) pelo prefeito Colbert Martins filho (MDB), vice-prefeito Fernando de Fabinho (DEM) e Luiz Roberto Pessoa Gonçalves, diretor do grupo de incorporação e investimentos sediado em Campinas, São Paulo.

O empreendimento ocupa área situada no Distrito de Humildes, às margens da Rodovia BR-101, próximo ao entroncamento com a BR-324, distante 21 km do aeroporto de Feira de Santana, 95 km do aeroporto de Salvador, 75 km do porto de Aratu e 100 km do porto de Salvador.

A nova CEASA de Feira de Santana foi projetado para ser edificado em uma área com 680 mil metros quadrados e conta com 70 mil metros quadrados de área bruta locável, além de diversas estruturas de apoio comercial, a exemplo de hotel executivo com 120 apartamentos, posto de combustível, agroshopping, mercadão da vila e espaço de eventos.

A estrutura terá capacidade inicial para 1.380 unidades comerciais e tem previsão de gerar cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos.

Em área contígua ao local onde será edificada a nova CEASA, os empreendedores doaram duas áreas de terra ao Município de Feira de Santana. Em uma delas, o Governo Colbert Martins está construindo uma Unidade de Pronto Atendimento Médico (UPA). Enquanto a segunda é destinada à construção de uma companhia de polícia.

Diferencial para Feira de Santana

Esse é o primeiro empreendimento do tipo CEASA de grande porte a ser construído no país a partir de modernas técnicas de arquitetura e construção civil, e em estreita observância das normas de controle sanitário para o tipo de empreendimento.

A cidade de Feira de Santana foi escolhida em decorrência das características econômicas e da infraestrutura que dispõe, aliada ao fato de estar estrategicamente posicionada em local de convergência rodoviária, que conecta as Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com o Nordeste e Norte do Brasil.

As edificações da nova CEASA estarão dispostas em uma área equivalente a 156 tarefas de terra, fato que posiciona o empreendimento como um marco para economia estadual da Bahia, tanto na fase de construção, como durante o funcionamento.

Ademais, o volume de negócios e valores financeiros em torno desse tipo de empreendimento tem intenso impacto na economia regional, haja vista que boa parte da atividade ocorre através de pagamento a vista.

Em outro aspecto, o volume de arrecadação tributária do Estado da Bahia e do Município de Feira de Santana deverá ter impacto positivo e em ordem crescente.

Empresário e políticos comentam

Geração de empregos e modelo de financiamento 

“Serão gerados 12 mil empregos diretos, o que vai resultar em 40 mil pessoas vivendo economicamente desse empreendimento”, informou o diretor Luiz Roberto Pessoa Gonçalves, enfatizando que a previsão é entregar a primeira etapa [Ceasa] em 18 meses e a cada seis meses avançar uma etapa seguinte, sendo três no total – a segunda etapa é a parte de eventos e a terceira, o shopping e o hotel.

Ainda de acordo com o diretor da Trade, o modelo do empreendimento é uma novidade no país. “O sistema Ceasa começou a ser privatizado há dois anos, sendo o primeiro deles em Santo André (SP). Desde 2011 iniciamos o estudo de viabilidade e escolhemos Feira de Santana pela posição geográfica e seu entroncamento rodoviário”, destaca reforçando o apoio que tem recebido da administração municipal.

Marco em 50 anos para a comunidade

O prefeito Colbert Filho frisou o empenho da administração municipal em dotar Feira de um novo centro atacadista, deixando o atual entreposto comercial apenas para o comércio varejista.

“O Centro de Abastecimento foi construído há quase 50 anos na concepção de atender o varejo e o atacado. Agora, damos um salto importante: estamos trabalhando com uma central atacadista, um grande investimento que será feito no comércio de alimentos”.

Doação para entidades sociais

Na oportunidade, o vice-prefeito Fernando de Fabinho destacou a importância dos investimentos para o desenvolvimento do município, observando que “o centro atacadista terá condições para absorver toda a produção agrícola de Feira de Santana, proporcionado ao agricultor a negociação direta com o consumidor final e o intermediário”.

Ele destacou o fato do empreendimento contar com um banco de alimentos, cuja finalidade é promover, de forma regular, a doação à entidades assistências de Feira de Santana.

Fernando de Fabinho ainda ressaltou a intenção por parte da Prefeitura em abrir um chamamento público para revitalizar o atual Centro de Abastecimento, transformando-o não somente numa área de negócios, mas também em um local de visitação.

Presenças

O ato teve a participação de demais representantes da Trade e a presença de secretários municipais, do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) e vereadores.

Conceito

CEASA é a sigla e denominação popular das centrais de abastecimento, formada por empresas privadas, estatais ou de capital misto destinadas a promover, desenvolver, regular, dinamizar e organizar a comercialização de produtos da hortifruticultura e alimentício em nível de atacado.

Baixe

Fôlder de apresentação da nova CEASA de Feira de Santana 

Leia +

Quem são os investidores que prometem construir uma nova CEASA de Feira de Santana e qual o perfil de atuação da Trade Invest Holding

Diretor Luiz Roberto Pessoa Gonçalves explica sobre estrutura econômica da nova CEASA Feira de Santana. Evento contou com a presença do prefeito Colbert Martins, vice-prefeito Fernando de Fabinho, secretários municipais e vereadores.
Diretor Luiz Roberto Pessoa Gonçalves explica sobre estrutura econômica da nova CEASA Feira de Santana. Evento contou com a presença do prefeito Colbert Martins, vice-prefeito Fernando de Fabinho, secretários municipais e vereadores.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123318 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.