Na Síria, 2022 começa com escalada da violência e morte de crianças

No nordeste da Síria, mais de 60 mil civis deslocados vivem em um acampamento com péssimas condições.
No nordeste da Síria, mais de 60 mil civis deslocados vivem em um acampamento com péssimas condições.

O ano de 2022 começou com várias crianças entre as vítimas de tragédias na Síria. O Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, revelou que pelo menos dois menores foram mortos e outros cinco ficaram feridos desde 1º de janeiro de 2022 com a escalada da violência no noroeste do país.

A agência da ONU destaca que no ano passado, mais de 70% das violações graves contra crianças na Síria foram cometidas nessa região. E logo na primeira semana do ano, uma estação de água apoiada pelo Unicef foi atacada no vilarejo de Arshani, em Idlib, também no Noroeste.

11 anos de guerra

Com o ataque, os serviços de abastecimento de água foram cortados, prejudicando mais de 241 mil pessoas, a maioria deslocados internos. O Unicef lembra que as crianças e os serviços básicos nunca podem ser alvo de ataques, destacando ainda que a guerra síria começou há 11 anos.

Na semana passada, a agência da ONU havia alertado que os menores de idade continuam “pagando um preço alto” por vários conflitos que estão acontecendo no mundo, em países como Síria, Afeganistão, Iêmen, entre outros.

O Unicef alertou ainda para o efeito do uso de explosivos de guerra. As explosões desses dispositivos foram responsáveis por 50% dos incidentes envolvendo crianças no ano de 2020, resultando em mais de 3,9 mil menores em vários países que ficaram feridos ou morreram.

*Com informações da ONU News.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116648 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.