Deputado Robinson Almeida critica deficiência do transporte público e promete acionar MP contra Prefeitura de Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Com lideranças populares, deputado Robinson Almeida debate crise no transporte municipal de Feira de Santana.
Com lideranças populares, deputado Robinson Almeida debate crise no transporte municipal de Feira de Santana.

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) responsabilizou a gestão do prefeito Colbert Martins (MDB) pela crise no sistema de transporte público em Feira de Santana e prometeu acionar o Ministério Público, junto com o deputado federal Zé Neto e os vereadores Sílvio Dias e Ivamberg Lima para que haja apuração sobre a precarização, má gestão dos recursos públicos e ausência de qualidade na prestação dos serviços à população.

O parlamentar criticou a retirada das linhas da zona rural, a mudança dos pontos de parada do transporte complementar e o BRT, que classificou como fraude de R$ 100 milhões, “um fantasma que custou uma fortuna mas não funciona na prática, não atende a população, nem cumpre seu papel conceitual e prático”. Almeida participou da Plenaria sobre o Transporte Público e Mobilidade Rural, realizada nesta quinta-feira (27/01/2022), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (SINTRAF) de Feira de Santana.

“A Princesa do Sertão vive uma crise agravada pela omissão e descompromisso do governo municipal. Em Feira gastaram R$ 100 milhões num BRT fantasma, que não transporta passageiros, que não atende a demanda de mobilidade do município, que não se encaixa na concepção conceitual e prática do modal. Não satisfeito com isso, cortou linhas da zona rural e mudou as paradas do transporte complementar, impedindo sua entrada em Feira, dificultando a mobilidade também da população das cidades vizinhas e prejudicando os trabalhadores do sistema e o próprio comércio local”, criticou o deputado.

“A gestão Colbert não compreende o papel social e econômico da mobilidade para o desenvolvimento. Não tem sensibilidade e competência para fazer a gestão e integração dos modais. O quadro é tão grave que vamos, através de nosso mandato com os mandatos do deputado federal Zé Neto e dos vereadores Sílvio Dias e professor Ivamberg, provocar o Ministério Público, porque nosso povo não pode continuar a sofrer com esse descaso”, enfatizou Robinson Almeida.

A plenária pública foi coordenada pela presidente do SINTRAF, Conceição Borges.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121604 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.