BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras, tem tráfego liberado, informa SEINFRA Bahia

Serviços de remoção de pedra na BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras.
Serviços de remoção de pedra na BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras.

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) liberou totalmente o fluxo de veículos na BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras, nesta quinta-feira (13/01/2021), após a retirada do material rochoso da pista, que caiu após deslizamento de encosta no último domingo.

Também nesta quinta-feira (13/01/2022), duas pontes passaram por serviços feitos pela Seinfra. Na BA-046, os reparos na ponte sobre o Riacho Faustino, que fica entre Iaçu e Milagres, foram iniciados depois de erosão no aterro por conta das chuvas. Já a manutenção na ponte sobre o Rio Pardo, na BA-634, entre Itambé e Ribeirão do Largo, foi finalizada pela equipe técnica do órgão. O tráfego sobre ambos os equipamentos está normalizado.

Desde dezembro, a Secretaria de Infraestrutura tem executado ações para retomar a circulação de veículos nas rodovias afetadas pelas chuvas. O reparo das vias permitiu ao órgão liberar o tráfego parcialmente ou totalmente em 61 dos 74 trechos atingidos.

Relação dos trechos de rodovias monitorados

Chapada Diamantina

  • 1 – BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras – O tráfego de veículos na BA-849, do entroncamento da BR-242 até Palmeiras, foi totalmente liberado pela equipe técnica da Seinfra nesta quinta-feira (13). As ações para retirar o material rochoso da pista, que caiu após deslizamento de encosta, e também de limpeza da via já foram concluídas. A Seinfra monitora a situação no local.
  • 2 – BA-245, entre a BA-142, Itaetê e Marcionílio Souza – Os serviços de reparo na BA-245, entre a BA-142, Itaetê e Marcionílio Souza, por conta de rompimento no bordo da pista já foram concluídos. A Seinfra monitora a situação da rodovia e o ponto encontra-se sinalizado.
  • 3 – BA-046, que liga Iaçu à Itaberaba – Abriram erosões às margens da rodovia.
  • 4 – BA-144, de Tanquinho de Lençóis até Bonito – O tráfego de veículos na rodovia já foi retomado. A prefeitura de Tanquinho de Lençóis realizou a recuperação da drenagem e do aterro após a pista ceder.
  • 5 – BA-148, entre Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora – A pista apresentou fissuras. O tráfego permanece normal e a Seinfra monitora a situação da via.
  • 6 – BA-225, de Presidente Dutra até Uibaí – Os serviços de recomposição no trecho já foram iniciados. A Seinfra acionou a Polícia Rodovia Estadual (PRE) a fim de bloquear o fluxo de ônibus e caminhões no trecho.

Piemonte do Paraguaçu

  • 7 – Ponte sobre o Riacho Faustino, na BA-046 – Os serviços de reparo na ponte, que fica no KM 148 da rodovia que liga Iaçu à Milagres, foram iniciados pela Seinfra nesta quinta-feira (13). Houve erosão no aterro da ponte causada pelas chuvas na região. A passagem de veículos sobre o equipamento está normal.
  • 8 – BA-046, de Ruy Barbosa até Utinga – Os serviços de limpeza da pista na rodovia foram concluídos. Em alguns pontos da rodovia houve deslizamentos de terra durante as fortes chuvas. O fluxo de veículos no trecho já foi normalizado.

Oeste

  • 9 – BA-582, entre Santana e Canápolis – A equipe técnica da Seinfra realizou uma inspeção na BA-582, entre Canápolis e Santana, na última quarta-feira (12) para avaliar quais as ações emergenciais serão necessárias na rodovia. Os trechos que apresentaram erosões no bordo da pista já foram sinalizados pelo órgão. A passagem de veículos pela via se encontra parcialmente liberada.
  • 10 – BA-447, de Barreiras até Angical – A pista cedeu novamente próximo à localidade de Gameleira por conta das fortes chuvas do último final de semana no Oeste baiano. O trecho está sinalizado e a passagem de veículos ocorre em meia pista. A equipe técnica da Seinfra fará uma inspeção no local ainda esta semana para verificar a situação e planejar as ações para liberação total do trânsito da rodovia.
  • 11 – BA-447, que liga Barreiras à Angical – A passagem de veículos em outro ponto da rodovia também na região de Gameleira já foi retomada com a redução do nível da água sobre a pista. O motorista deve ter muita atenção ao trafegar pela via.
  • 12 – Acesso à Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), em Barreiras, na BA-827 – A ação de retirada de árvores neste ponto da rodovia foi realizada em parceria com o Consórcio do Oeste (CONSID). O tráfego está normal.
  • 13 – Acesso à Catolândia, na BA-455 – A retirada de árvores localizadas às margens da rodovia foi feita em parceria com o Consórcio do Oeste (CONSID). A Seinfra monitora a situação da via. O trânsito de veículos no trecho está normal.
  • 14 – Acesso à Baianópolis, na BA-464 – Uma vistoria na rodovia de acesso ao município foi realizada por conta do volume de água na pista devido as chuvas da região. A passagem de veículos encontra-se normal.
  • 15 – Acesso à Cotegipe, na BA-449 – Uma vistoria no acesso ao município, na BA-449, foi realizada devido à presença de alguma rachaduras na pista por conta do volume de água. Os serviços emergenciais serão iniciados quando houver a melhoria das condições climáticas. O fluxo na rodovia está normal.
  • 16 – Acesso à Wanderley, na BA-839 – Uma vistoria foi realizada na rodovia de acesso ao município por conta da presença de buracos na pista por causa do volume das chuvas na região. O deslocamento de veículos pela rodovia está normal.
  • 17 – BA-225, do entroncamento da BR-135, próximo ao distrito de Pipiri, em Formosa do Rio Preto, até Coaceral – A rodovia apresentou erosões no bordo da pista entre os KM 40 e 50. A equipe técnica da Seinfra está realizando um levantamento para verificar as intervenções necessárias. A passagem de veículos no trecho está normal.
  • 18 – BA-465, de Cotegipe até Missão do Aricobé – As máquinas já estão se deslocando para iniciar a construção de um desvio provisório no acesso ao distrito de Missão do Aricobé, em Cotegipe. A rota alternativa para os veículos será a ligação para quem vem da BR-242 em direção à localidade do Oeste baiano. O grande volume de água sobre a rodovia causou rompimento da pista. O trânsito de veículos está interrompido.
  • 19 – BA-465, que liga Cotegipe à Missão do Aricobé – A pista apresenta alguns pontos que romperam devido ao acumulo de água das chuvas a partir do KM 5 saindo de Cotegipe em direção à Missão do Aricobé.
  • 20 – BA-172, entre São Félix do Coribe e Jaborandi – A Seinfra monitora a rodovia por causa do grande volume de água ter invadido parte da pista. A passagem de automóveis no local está normal.
  • 21 – BA-465, que liga Angical à Missão do Aricobé – A pista rompeu e a barragem da Urissangas cedeu neste trecho. O tráfego está interrompido e a equipe técnica da Seinfra realiza um levantamento para verificar as intervenções necessárias.
  • 22 – Ponte entre Missão do Aricobé e Angical, na BA-465 – A ponte no KM 1 da rodovia apresenta rachaduras por grande volume de água do rio. A Seinfra e o Consórcio do Oeste monitoram a situação do equipamento.
  • 23 – Ponte de São Joaquim, no acesso ao distrito de Missão do Aricobé, na BA-465, em Angical – Um dos encontros da ponte rompeu durante as fortes chuvas no Oeste baiano. O tráfego de veículos está interrompido. Uma vistoria no acesso ao distrito de Missão do Aricobé, em Angical, na BA-465, e também no equipamento foi feita para identificar um local para a implantação de um desvio provisório a fim de retomar o fluxo de veículos pela rodovia. Os serviços serão iniciados quando houver a redução do nível de água do rio que corta a região.
  • 24 – Ponte do Alto Araguaia, na BA-449, em Cotegipe – Um dos encontros da ponte rompeu durante as fortes chuvas do Oeste baiano. A passagem de veículos leves e pesados sobre o equipamento está proibida. As ações emergenciais serão iniciadas pela Seinfra assim que melhorar as condições climáticas.
  • 25 – Ponte sobre o Rio Água Piranga, na BA-449 – A ponte localizada em Cotegipe, na ligação entre a sede municipal e o distrito de Jupaguá, foi interditada após ceder durante as fortes chuvas desta semana. Uma vistoria no acesso à Jupaguá, na BA-449, e também no equipamento foi realizada para verificar um local para a construção de desvio provisório a fim de permitir a circulação de veículos na via. Por conta do volume da água do rio, ainda não há possibilidade de implantação do desvio.

Médio Rio de Contas

  • 26 – BR-330, entre Jequié e o entroncamento da BA-026 – A equipe técnica da Seinfra fará uma inspeção na rodovia até a próxima sexta-feira (14) para avaliar a situação da pista, que apresentou fissuras em diversos pontos, e definir quais as ações necessárias para conter o avanço da erosão. O Consórcio Vale do Jiquiriçá (Convale) fará a instalação do sinalização nos locais danificados. O fluxo de veículos no trecho está parcialmente liberado.
  • 27 – BA-120, entre Gandu e Ibirataia – Houve registro de deslizamento de terra em alguns pontos da rodovia em 28 de dezembro. A Seinfra realiza a limpeza da pista para garantir a trafegabilidade do trecho. O trânsito no local foi liberado em 29 de dezembro.
  • 28 – BA-650, entre Ipiaú e Itagiba – Os serviços de limpeza da pista no trecho foram realizados em 29 de dezembro após deslizamento de encosta por conta das chuvas. O fluxo de veículos já foi liberado.
  • 29 – BA-558, do entroncamento da BR-330 até Itajuru, em Jequié – Erosões em dois pontos da rodovia. A Seinfra já realizou os serviços complementares. O local encontra-se sinalizado e o tráfego em meia pista.
  • 30 – BA-549, entre o distrito de Itaibó, em Jequié, e Baixa Alegre – O trânsito no trecho foi interrompido no domingo (26) por conta de rompimento de aterro de um dos encontros da ponte. Um desvio provisório será construído para permitir a retomada do fluxo de veículos na via. Uma alternativa para o motorista que deseja chegar à localidade é utilizar a BA-548, que liga os entroncamentos da BR-330, próximo à Jitaúna, e da BA-549.

Sudoeste Baiano

  • 31 – BA-130, que liga Ibicuí com Ibitupã – Os serviços de manutenção no KM 35 da rodovia foram concluídos nesta terça-feira (11). As intervenções emergenciais precisaram ser realizadas após o bueiro romper devido ao volume de água das chuvas. A circulação de veículos pela rodovia já foi totalmente liberada.
  • 32 – BA-130, entre Ibicuí e o distrito de Itaiá, em Firmino Alves – Os serviços de limpeza da pista no trecho foram concluídos após deslizamento de terra e a equipe técnica da Seinfra liberou o trânsito desde 29 de dezembro.
  • 33 – BA-130, entre Firmino Alves e Itororó – Os serviços de limpeza da pista na rodovia foram concluídos. A circulação de veículos de pequeno e grande porte foi retomada após a vazão de água do Rio Catolé.
  • 34 – BA-262, de Poções até Nova Canaã – A Seinfra permanece monitorando a situação no trecho em que houve deslizamento de terra e a pista apresentou algumas fissuras. Os serviços de reparo da via serão iniciados nos próximos dias. O fluxo pela via está normal.
  • 35 – BA-263, na região da Serra do Marçal, entre Vitória da Conquista e Itambé – A passagem de veículos foi liberada nos dois sentidos da rodovia pela equipe técnica da Seinfra em 31 de dezembro. A ação de limpeza da pista nos pontos em que houve deslizamentos de terra foi concluída nesta mesma data. O órgão monitora a situação da rodovia. Os condutores devem permanecer com atenção ao trafegar pela via.
  • 36 – BA-632, do distrito de Inhobim, em Vitória da Conquista, até Encruzilhada – O tráfego de veículos de pequeno porte já foi retomado na ponte entre Inhobim e Encruzilhada desde 30 de dezembro. A Seinfra monitora o local a fim de autorizar o retorno da circulação de ônibus e caminhões sobre o equipamento.

Baixo Sul

  • 37 – BA-634, que liga Itambé a Ribeirão do Largo – Os serviços de manutenção, como tapa-buracos, na Ponte sobre o Rio Pardo, na BA-634, foram concluídos nesta quinta-feira (13). Os trabalhos foram realizados após o grande volume de água do rio invadir a pista do equipamento. O tráfego de veículos sobre a ponte está normal.
  • 38 – BA-634, entre Tomba e Ribeirão do Largo – Os serviços de limpeza da pista na rodovia foram iniciados nesta quinta-feira (13).
  • 39 – Ponte da Graciosa, na BA-001 – Uma vistoria no equipamento localizado entre Valença e Taperoá foi realizada na última quarta-feira (05) para verificar a situação e tomar as providências necessárias. A passagem de veículos encontra-se normal.
  • 40 – Passagem Urbana de Ituberá, na BA-250 – A travessia urbana de Ituberá, na BA-250, na região conhecida como Pontilhão, apresenta grande erosão causada por deslizamento de aterro. A equipe técnica da Seinfra avalia a situação e fará a execução de uma intervenção emergencial na rodovia. O tráfego de veículos na saída de Ituberá em direção à Piraí do Norte está em meia pista.
  • 41 – Acesso ao distrito de Guaibim, na BA-887 – A passagem de veículos de pequeno e grande porte no acesso ao distrito de Guaibim, em Valença, já foi liberada. Na chegada de Guaibim, o tráfego está meia pista até iniciar os serviços de recuperação.
  • 42 – BA-542, entre Valença e a BR-101 – O grande volume de água invadiu a pista no KM 10 da rodovia. A Secretaria de Infraestrutura no Baixo Sul está realizando os serviços de manutenção e o tráfego de veículos na rodovia encontra-se normal.

Irecê

  • 43 – Passagem Urbana de Irecê, na BA-148 – As ações de reparo da via já estão sendo realizadas na passagem urbana do município. O tráfego de veículos no trecho encontra-se normal.

Velho Chico

  • 44 – Ponte do Capão, na BA-160 – O fluxo de pedestres e veículos pequenos porte na ponte do Capão, na BA-160, em Morpará, que está em construção, foi interrompido por conta do grande volume de água dos Rios Paramirim e do São Francisco. O aterro do encontro rompeu na madrugada da última quinta-feira (06). A alternativa para os moradores é fazer a travessia de balsa ou de barco saindo de Morpará em direção à BA-161. A circulação de pessoas, motos e carros só será retomada com a melhoria das condições climáticas.
  • 45 – BA-160, entre Bom Jesus da Lapa e Paratinga – Os reparos necessários no KM 1,6 da rodovia saindo de Bom Jesus da Lapa em direção à Paratinga foram concluídos na última quinta-feira (06). O trecho apresentou erosões no bordo da pista devido às chuvas na região.
  • 46 – BA-161, que liga a BR-430 até Serra do Ramalho – O grande volume de água das chuvas na região causou erosões no bordo da pista. A Seinfra acompanha a situação. O tráfego no local está em meia pista.

Litoral Sul

  • 47 – BA-663, em Itabuna, entre os distritos de Ferradas e Itamaracá – As ações emergenciais na ponte de Ferradas estão sendo realizadas após o aparecimento de erosões na cabeceira do equipamento. O tráfego de veículos no local está normal e o condutor deve ter muita atenção ao passar pela via.
  • 48 – BA-972, em Coaraci, entre a sede municipal e os distritos de Itamotinga e Cafundó – Os condutores de carros e motos devem dirigir com atenção devido às condições de trafegabilidade da rodovia afetada pela chuva. Os serviços emergenciais estão sendo realizados para permitir o fluxo de veículos pesados.
  • 49 – BA-120, entre Itapé e Itaju do Colônia – O tráfego de veículos na rodovia saindo de Itapé em direção à Itaju do Colônia está interrompido após a pista do KM 7,5 romper por conta das fortes chuvas. A instalação sinalização no local ocorreu na última quarta-feira (05). A alternativa para os condutores é pegar a BA-120, de Itapé até o entroncamento da BR-415, em seguida, a BR-415, do entroncamento da BA-120 até Floresta Azul, e depois passar pela BA-262, que liga Floresta Azul à Santa Cruz da Vitória. Por fim, a BA-667, entre Santa Cruz da Vitória e Itaju do Colônia.
  • 50 – BA-120, entre Itapé e Itaju do Colônia – O tráfego de veículos de pequeno e grande porte está interrompido. As ações emergenciais para permitir a passagem de motos, carros, ônibus e caminhões na via serão programadas.
  • 51 – Ponte de acesso à Itapitanga – Uma inspeção na ponte de acesso à Itapitanga, na BA-651, foi realizada em 30 de dezembro após o rompimento do muro de contenção. O equipamento permanecerá interditado por tempo indeterminado. O tráfego de veículos só será retomado após a obra de recuperação estrutural, o qual o projeto será elaborado. Para chegar ao município, o motorista deve utilizar o caminho passando pelos distritos de Itamotinga e Cafundó, na BA-972, ou pela BR-030, na região de Aurelino Leal.
  • 52 – BA-651, de Coaraci até Itapitanga – O tráfego de veículos leves na rodovia já foi liberado desde 29 de dezembro após a construção de um desvio provisório por conta de rompimento da pista.
  • 53 – BA-001, em Canavieiras – A rodovia apresentou erosões no bordo da pista em dois pontos, que são após o KM 18 e próximo à ponte sobre o Rio Cipó, em 27 de dezembro. O tráfego de veículos leves está em meia pista e encontra-se interrompido para ônibus e caminhões apesar da redução do nível de água do rio. A Seinfra realiza o monitoramento para avaliar a liberação total do fluxo de automóveis na via.
  • 54 – BA-654, que liga Taboquinhas à Itacaré – A passagem de veículos na BA-654, que liga Taboquinhas à Itacaré, já foi liberada. O tráfego havia sido interrompido na semana passada por conta do volume de água no Rio de Contas.
  • 55 – BR-415, de Ilhéus até Itabuna – O fluxo na rodovia foi retomado após a redução do nível de água do Rio Cachoeira.
  • 56 – BR-415, entre Itabuna e Floresta Azul – O fluxo na rodovia foi retomado após a redução do nível de água do Rio Cachoeira.
  • 57 – BA-262, de Itajuípe até Coaraci – O fluxo na rodovia foi retomado após a redução do nível de água do Rio Almada.
  • 58 – Acesso à Floresta Azul – Os serviços de manutenção no acesso à Floresta Azul estão sendo realizados.
  • 59 – BA-262, entre Ilhéus e Uruçuca – O trânsito na rodovia foi totalmente liberado após a diminuição do nível de água do Rio Almada.

Itaparica

  • 60 – Ponte do Rio Sal, na BA-210 – O apoio da ponte que faz a ligação de Paulo Afonso com o distrito de Xingozinho, na BA-210, cedeu. Uma inspeção no local foi realizada pela equipe técnica da Seinfra na última quinta-feira (06) a fim de verificar a situação. O estudo para elaborar o projeto de recuperação do equipamento está sendo realizado. A passagem de veículos sobre o equipamento está normal.

Bacia do Paramirim

  • 61 – BA-903, de Érico Cardoso até Paramirim – Os serviços de limpeza da pista na rodovia foram concluídos na última quinta-feira (06). Alguns pontos da rodovia apresentaram deslizamentos de encosta depois das chuvas na região da Bacia do Paramirim. O tráfego de veículos no trecho está normal.

Extremo Sul

  • 62 – KM 30 da BA-284, entre Itamaraju e Jucuruçu – Os serviços de recomposição do desvio provisório no KM 30 da rodovia permitiram a liberação total do tráfego de veículos desde 29 de dezembro. A equipe de conserva ainda continua fazendo os reparos na rodovia.
  • 63 – KM 17 da BA-284, entre Itamaraju e Jucuruçu – O tráfego de veículos no desvio provisório do KM 17 da rodovia foi totalmente liberado desde 29 de dezembro. O local encontra-se devidamente sinalizado. A equipe de conserva ainda continua fazendo os reparos na rodovia.
  • 64 – BR-489, que liga Prado à Itamaraju – A circulação de motos e carros no KM 02 da rodovia está liberada. A passagem de automóveis de grande porte só será autorizada em ambos quando os reparos forem iniciados.
  • 65 – Ponte de acesso à Prado, na BA-001 – A circulação de motos e carros sobre o equipamento já está liberada. A passagem de automóveis de grande porte só será autorizada quando os reparos forem iniciados.

Sertão do São Francisco

  • 66 – BA-314, entre o distrito de Caldeirãozinho, em Uauá, até o acesso à mineração, em Jaguarari – Os equipamentos para a construção de um desvio provisório no ponto da rodovia, que cedeu durante as chuvas, estão sendo mobilizados pelo Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território do São Francisco (CONSTESF). A passagem de veículos na rodovia está interrompida.

Vale do Jiquiriçá

  • 67 – BA-026, de Maracás até Pé de Serra – Os serviços de reparos da erosão, que apareceu às margens da pista, foram concluídos. A situação da via ainda segue sendo monitorada pela Seinfra. A passagem de veículos na via está liberada.
  • 68 – BA-026, entre o entroncamento da BR-116 até Brejões – Os serviços de reparos das erosões e fissuras da pista em alguns pontos foram concluídos. A Seinfra acompanha a situação da via. A passagem de veículos na via está liberada.
  • 69 – BA-540, entre Amargosa e Mutuípe – No KM 24 entre Amargosa e Mutuípe ocorreu um deslizamento de terra e a via pode ser interditada por questões de segurança. A Seinfra monitora a situação da rodovia.

Costa do Descobrimento

  • 70 – BA-274, em Itapebi, entre os distritos de Ventania e Caiubi – A recomposição do aterro em um dos encontros do pontilhão, na BA-274, foi concluída pelo Consórcio da Costa do Descobrimento em 29 de dezembro.

Recôncavo

  • 71 – BR-242, de Conceição do Almeida até São Felipe – O retorno da passagem de veículos na BR-242, entre Conceição do Almeida e São Felipe, foi autorizado pela equipe técnica da Seinfra em 29 de dezembro após a conclusão dos serviços de recomposição da via.
  • 72 – BA-001, que liga Nazaré à Bom Despacho – O tráfego no KM 41 da rodovia foi retomado em 27 de dezembro após a execução de serviços emergenciais.
  • 73 – BA-496, que liga o distrito de Sodoma, em Muniz Ferreira, com a BA-096 – A limpeza para a desobstrução da pista na rodovia já foi concluída em 28 de dezembro.
  • 74 – BA-026, entre Santo Antônio de Jesus e Amargosa – O trânsito na rodovia foi totalmente liberado em 26 de dezembro depois da limpeza da via após deslizamento de encosta.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116651 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.