Testes rápidos e distribuição de preservativos marcam campanha ‘Dezembro Vermelho’ em Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Teste rápido apresenta o diagnóstico em menos de meia hora e a sua realização está sendo intensificada neste mês em todas as unidades de saúde de Feira de Santana.
Teste rápido apresenta o diagnóstico em menos de meia hora e a sua realização está sendo intensificada neste mês em todas as unidades de saúde de Feira de Santana.

Apenas uma picadinha rápida e quase indolor, submetendo a amostra de sangue a um reagente, é capaz de detectar, ou não, a presença do vírus HIV. O teste rápido apresenta o diagnóstico em menos de meia hora e a sua realização está sendo intensificada neste mês em todas as unidades de saúde de Feira de Santana, a partir desta quarta-feira (01/12/2021).

A iniciativa faz parte da programação da campanha Dezembro Vermelho, promovida pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, que chama atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do HIV e do tratamento contra a Aids, além de outras infecções sexualmente transmissíveis.

Atualmente, 3.411 pessoas estão em tratamento contra a doença em Feira de Santana, no Centro Municipal de Referência em Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). De acordo com a enfermeira coordenadora, Vanessa Sampaio, o Dezembro Vermelho é o momento oportuno para promover o diagnóstico.

“Muitas pessoas vivem com o vírus do HIV e não sabem, o diagnóstico favorece o tratamento imediato e o grande objetivo é que essa pessoa tenha adesão e acesso para que chegue a uma carga viral indetectável, além disso é um momento de reflexão sobre os estigmas que a doença carrega, onde não cabe mais o preconceito e alertar a população sobre as formas de prevenção do vírus”, explica a enfermeira.

Durante a campanha, também serão realizados testes rápidos de sífilis e hepatite, distribuição de preservativos, ações educativas e de prevenção no Centro de Referência e em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família para sensibilizar a população sobre as medidas de cuidado, assistência e proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

Métodos de prevenção

É importante destacar que além do preservativo, outros métodos de prevenção também são realizados, como a Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP) medicação que pode ser tomada até 72 horas depois da exposição a uma situação de risco e a Profilaxia Pré Exposição (PREP) que é o uso contínuo de medicação para a prevenção do vírus destinada a populações chaves.

Também faz parte da Prevenção Combinada, a carga viral indetectável, que reduz as chances de uma pessoa que convive com o vírus transmitir para outra pessoa durante a relação sexual.

A PEP pode ser encontrada no Centro de Referência IST/HIV/AIDS e HPV, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do bairro Queimadinha e Mangabeira, no Hospital Clériston Andrade (HGCA) e no Hospital Estadual da Criança (HEC). A PREP está em processo de implantação no município com o início previsto para janeiro de 2022.

Transmissão

O vírus do HIV pode ser transmitido em toda e qualquer relação sexual – anal, oral e vaginal – desprotegida; transfusão de sangue contaminado; contato com seringas, agulhas e quaisquer outros materiais perfurocortantes infectados e através da mulher infectada para o feto durante a gravidez.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123143 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.