Os empréstimos mais comuns no Brasil

Mercado oferta alternativas de empréstimo financeiro aos modelos tradicionais.
Mercado oferta alternativas de empréstimo financeiro aos modelos tradicionais.

No Brasil existem modelos de empréstimos que são mais comuns de serem tomados, além de simulações mais frequentes entre os consumidores desse tipo de serviço. Isso, em contrapartida, não significa que estas sejam as melhores opções do mercado brasileiro.

Os modelos mais frequentes são os mais antiquados, que surgiram no país há anos e se tornaram quase fixos entre os contratantes. No entanto, além desse pequeno monopólio de serviços de empréstimo, existem outros que podem ser uma salvação no financeiro de uma pessoa.

Para que você entenda mais sobre os tipos de empréstimos mais comuns que existem em nosso país, faremos uma pequena apuração de cada um, mostrando quais são as taxas, período de parcelamento, entre muitos outros.

  • Empréstimo consignado

Sem dúvida alguma, o empréstimo consignado é o mais famoso em todo o país. Este utiliza toda a sua renda, contando até mesmo com o valor de sua aposentadoria – se for o caso de uma pessoa idosa – para disponibilizar o valor ao contratante.  A empresa também analisa a sua renda atual, seus imóveis e até mesmo o lucro ganho através de um negócio autônomo.

Dessa forma, por utilizar inúmeras rendas, a agência consegue um valor mais alto que os demais métodos brasileiros.  Nessa modalidade, a dívida é debitada mensalmente de sua conta, tornando o risco para a instituição financeira não tão grande, pois todos os meses haverá de onde retirar a quantia.

No entanto, este pode ser um método arriscado, pois as taxas são altíssimas, igual ao crédito pessoal, e o tempo de parcelamento menos otimizado. Portanto, é importante simular se essa é a melhor solução e assim ter em mente se realmente é um processo ideal ou não.

  • Crédito pessoal

A simulação de empréstimo também pode ser realizada em forma de crédito pessoal diretamente com uma agência bancária, seja de maneira física ou virtual. Para isso é discutido com o gerente de seu banco a situação financeira em que você se encontra e julgado o quanto a empresa pode ceder para a situação prescrita.

Essa discussão pode ser realizada e firmada no mesmo dia, sem grandes dificuldades, tornando o processo muito mais fácil perante outros métodos. Contudo, não indicamos este serviço, pois os bancos brasileiros cobram taxas altíssimas, que podem chegar até mesmo a 8% ao mês.

Portanto, se você está atrás do empréstimo e não quer acabar em outra dívida durante essa contratação, talvez o crédito pessoal não seja o mais indicado. Busque saber sobre outros e veja se realmente é a melhor opção do mercado.

  • Cheque especial

No mercado brasileiro existe um modelo muito famoso, que não se trata propriamente de um empréstimo. Este é o cheque especial, um método que qualquer pessoa com uma conta corrente e um cartão de crédito pode retirar alguma quantia do banco através do cartão disponibilizado pelo banco.

Esse é o que menos indicamos, sem dúvida alguma. Ele possui os maiores juros do Brasil e o menor prazo de pagamento dentre os demais, além de não oferecer ao cliente a oportunidade de simular. Ou seja, essa contratação pode se tornar uma grande dor de cabeça caso o consumidor não tenha o dinheiro para pagar de imediato.

A taxa pode chegar até mesmo a 12% ao mês e ainda ser cobrada uma multa diária por atraso. O tempo para quitação do valor é de 45 dias, podendo deixar o seu nome sujo perante o Governo.

  • Home equity

Por último, mas não menos importante, o empréstimo home equity ou também conhecido empréstimo com garantia de imóvel tem ganhado cada vez mais popularidade no país. Isso porque, diferente das demais modalidades, o mesmo garante ao consumidor juros mais baixos e um prazo de pagamento estendido, além de carência no pagamento das parcelas.

As fintechs de empréstimo são confiáveis?

Pensando nesse quesito de segurança principalmente no meio virtual, criamos um pequeno tutorial de como saber se a empresa que fornece os serviços de empréstimo realmente é confiável e merece o seu investimento.

É importante ressaltar que esse tipo de atitude precisa ser tomado em qualquer momento, em qualquer ação realizada junto à agência, não somente no instante de realizar uma simulação de empréstimo. Saber com qual sistema você está se envolvendo é uma maneira de fugir de golpes e até mesmo problemas maiores que esse.

Por isso, se você está a fim de analisar uma empresa, entenda com detalhes como avaliar se a empresa em questão é de confiança e como utilizá-la para qualquer outro momento de sua vida.

  • Feedback

Em primeiro lugar é de suma importância pesquisar sobre o feedback de clientes. Mesmo que a empresa não possua uma rede social é possível ver através de pesquisas do Google ou até mesmo a partir de conhecidos que são assíduos nesse serviço de empréstimo.

Se não existir nenhum tipo de opinião na Internet sobre a empresa, este é um motivo para se estranhar. Dificilmente, hoje em dia, as agências não possuem algum tipo de opinião disponibilizada virtualmente – mesmo que até seja na rede pessoal de alguma pessoa.

Ou seja, se houver muitas reclamações ou nenhum tipo de feedback, fuja dessa empresa e nem mesmo realize uma simulação de empréstimo. Ceder dados para empresas desse tipo é uma forma de dar confiança aos golpistas.

  • CNPJ

Outra forma muito importante para saber se a empresa de empréstimo é confiável é procurar o CNPJ da mesma. Este é um número de série fornecido pelo Governo Federal a fim de legalizá-lo perante a União e ao Estado.

Se a agência em questão não possuir esse documento, existem duas opções: ou ela é recém inaugurada e está nos tramites para legalização ou está agindo de maneira ilegal perante as leis de funcionamento impostas pelo Governo.

Em qualquer um dos dois casos aconselhamos que não faça nenhum tipo de contato. Mesmo que se trate de uma empresa nova, está na pode fornecer serviços sem o número de CNPJ comprovando que é legal perante todas as leis que existem sobre o comércio.

  • Reclame Aqui

Por último é um dos melhores passos para saber se a empresa é de confiança é consultando no site “Reclame Aqui”. Esta é uma plataforma desenvolvida para reclamações de empresas de todo o Brasil, a fim de que haja uma comunicação entre cliente e agência e possível solução do problema em questão.

Nele é possível observar se a agência realmente é legal e se ela está engajada em resolver os problemas de seus consumidores. Em lugares que fazem empréstimos isso é muito importante, pois envolve muito dinheiro e dados pessoais – que podem levar uma pessoa a muitos problemas.

Por isso, antes de realizar qualquer ação com a empresa, mesmo que seja somente uma simulação, consulte o seu nome e CNPJ no site Reclame Aqui e descubra se ela realmente é uma boa agência de se envolver.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120445 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.