MPF foi contra busca e apreensão na casa dos irmãos Ciro e Cid Gomes

Ciro Gomes, ex-ministro e pré-candidato à presidente da República pelo PDT.
Ciro Gomes, ex-ministro e pré-candidato à presidente da República pelo PDT.

Antes da operação da Polícia Federal (PF) contra os irmãos Ciro Gomes e Cid Gomes, o Ministério Público Federal (MPF) se manifestou contra a expedição de mandados de busca e apreensão.

No dia 24 de novembro de 2021, o procurador da República Luiz Carlos Oliveira Júnior afirmou que a realização de busca e apreensão nos endereços dos investigados seria contraproducente, considerando que os fatos ocorreram há quase 11 anos.

“A eficácia da medida ora pretendida pela autoridade policial exige a contemporaneidade dos fatos supostamente criminosos praticados, o que não se verifica”, disse o procurador.

Oliveira classificou o ingresso em residência de investigados como “medida drástica”, que “expõe pessoas alheias à investigação em curso como, por exemplo, filhos menores de idade, cônjuges, dentre outros, além de implicar em grande exposição social”.

As informações foram reveladas pela Folha de São Paulo nesta quinta-feira (16/12/2021).

O procurador, por outro lado, se manifestou favoravelmente à quebra de sigilo, afirmando ser o meio adequado para a obtenção de registros que venham a comprovar ou não a prática de condutas criminosas.

Os irmãos Gomes foram alvo, na quarta-feira (15), de uma operação da Polícia Federal no esteio de uma investigação sobre a suspeita de desvios de recursos públicos nas obras do estádio Castelão, em Fortaleza.

Ao todo, a PF cumpriu 14 mandados de busca e apreensão determinados pela Justiça, incluindo os endereços de Cid e Ciro Gomes, como parte de um inquérito iniciado em 2017.

A apuração da PF contou com delações premiada de executivos da Galvão Engenharia. Os pagamentos de propina, diz a polícia, eram feitos em espécie tanto em um escritório de advocacia quanto na residência de um dos advogados investigados.​

*Com informações da Sputnik Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120472 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.