Fusões e aquisições têm melhor resultado no acumulado de 9 meses desde 1996, diz KPMG

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Fusões e aquisições registram alta no Brasil.
Fusões e aquisições registram alta no Brasil.

Os primeiros nove meses de 2021 registraram o melhor período para fusões e aquisições desde 1996, ano em que essa pesquisa foi iniciada, com 1.361 operações, segundo pesquisa realizada pela KPMG. Essa marca já supera o total de 1231 verificada nos 12 meses de 2019 quando havia sido estabelecido este recorde.

O estudo indicou ainda que o terceiro trimestre também registrou recordes com 557 negócios fechados. Este foi o melhor trimestre da história em qualquer tipo de comparação e ainda apresentou um forte crescimento em comparação aos trimestres anteriores de 2021 (375 e 429).

Do total de operações de janeiro até setembro deste ano, a maioria das transações foi doméstica (885), ou seja, realizada entre empresas brasileiras. Em segundo lugar, estão as operações do tipo CB1 (409), seguida por CB2 (28), CB4 (26) e CB3 (8) e CB5 (5).

“Este trimestre foi o melhor da história em de transações domésticas e CB1 de toda a série histórica principalmente decorrentes dos investimentos em transformação digital e inovação protagonizados pelos investidores financeiros e estratégicos de diversos segmentos de negócios”, comentou sócio da KPMG responsável pela pesquisa, Luis Motta.

No período de nove meses acumulados, o setor de companhias de internet liderou o ranking que conta com a participação de 43 empresas, registrando 442 operações. Constam ainda na lista indústrias como tecnologia da informação (233), instituições financeiras (122), companhias de serviços (65), tecnologia, mídia e telecomunicação (46) e hospital e análises clínicas (46).

Fusões e aquisições

Ano

3º trimestre (apenas)

9 meses (acumulado)

2021 557 1361
2020 348 862
2019 336 879
2018 263 724
2017 199 584
2016 157 537
2015 188 589
2014 209 615
2013 214 600
2012 207 640
2011 227 606
2010 180 531
2009 118 316
2008 196 523
2007 235 529
2006 113 342
2005 82 252
2004 83 206
2003 58 166

Transações Domésticas: entre empresas de capital brasileiro

  • CB1: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
  • CB2: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no exterior.
  • CB3: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
  • CB4: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
  • CB5: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no exterior
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123355 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.