SECTI Bahia lança programa de qualificação focado em mulheres com 5 mil vagas gratuitas

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Com o objetivo de fortalecer o protagonismo feminino, o EmpoderADAs oferece bolsas em cursos na área de tecnologia da informação e mentoria de carreira.
Com o objetivo de fortalecer o protagonismo feminino, o EmpoderADAs oferece bolsas em cursos na área de tecnologia da informação e mentoria de carreira.

O protagonismo feminino na área tecnológica esteve, por muitos anos, reduzido e até mesmo ocultado por causa do machismo presente na sociedade. Pensando em mudar este cenário, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia lançou, nesta quarta-feira (17/11/2021), com transmissão pelo Canal do Youtube SECTI Bahia, o Programa EmpoderADAs. Serão disponibilizadas 5 mil bolsas gratuitas em cursos ligados à área de tecnologia e mentoria de carreira para mulheres de toda a Bahia. A ação tem o objetivo de fortalecer o mercado tecnológico feminino baiano na área da tecnologia da informação.

Com o apoio das Secretarias de Políticas para as Mulheres (SPM), Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI), Educação (SEC) e da startup Womakers Code, a missão do programa é inspirar e impulsionar meninas e mulheres que desejem ingressar ou se especializar em carreiras ligadas à tecnologia e inovação. O nome do programa foi escolhido em homenagem a Ada Lovelace, mulher reconhecida como a primeira programadora da história a escrever um algoritmo para ser processado por uma máquina analítica de Charles Babbage. Ela desenvolveu algoritmos que permitem que a máquina compute os valores de funções matemáticas e ainda publicou uma seleção de notas sobre a máquina analítica.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, entende que o incentivo às mulheres é mais uma das ações que fará com que o setor de tecnologia e inovação da Bahia seja amplamente reconhecido em outros lugares. “O Governo da Bahia tem o compromisso de trazer políticas públicas e ações que se comprometam com o enfrentamento à desigualdade de gênero. Queremos que as mulheres possam assumir o seu protagonismo nas áreas de tecnologia e inovação. O mercado de trabalho da CTI exige que tenhamos pessoas qualificadas para postos que ainda não foram ocupados na Bahia. Precisamos de mais mulheres no poder”, enfatizou.

A secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, lembrou que esta não é a primeira parceria entre a Secti e a SPM em busca de igualdade no setor tecnológico da Bahia. “Acredito que essa parceria para ampliar a participação de mais mulheres na área da tecnologia não é apenas um recorte de gênero. Nós do governo estamos sempre em busca de políticas integradas que tragam algum efeito para a nossa sociedade. Essa não é a primeira vez que somos parceiros em uma ação voltada para mulheres no empreendedorismo. Recentemente, estivemos juntos no Edital Inventiva. Essas vagas são ainda mais importantes para os nossos estados, pois aborda um grande problema que é o funil que existe ainda na área de CTI. É importante estarmos debruçadas nessa questão para que possamos driblar essa cultura discriminatória e trazer mulheres para onde elas quiserem atuar”, completou.

Para a fundadora da Womakers Code, Cynthia Zanoni, o maior objetivo da empresa é fortalecer o protagonismo feminino na área de tecnologia. “Acreditamos que quando uma mulher dá um passo, todas estarão mais próximas da vitória. Isso significa que a partir do momento que ajudamos mais mulheres a entrar no mercado de trabalho e a permanecerem nele, elas vão começar a trazer mais mulheres, porque elas vão entender que aquele é um espaço que nós podemos ocupar”, afirmou.

Serão 12 cursos, disponibilizados de maneira online pela plataforma da startup. Além dos cursos gratuitos, o Empoderadas também irá ofertar mais de 5 mil vagas para eventos online que serão realizados mensalmente pela Womakers Code. Os eventos estarão focados em prestar mentoria e guia de carreira para as mulheres que fazem ou querem fazer parte do mercado de trabalho nessa área. As inscrições podem ser feitas através do site www.maismulheres.tech/p/bahia.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121930 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.